3 eventos ao vivo

Kevin Spacey tem masterclass cancelada após denúncia de assédio

Mais uma repercussão do caso Anthony Rapp.

1 nov 2017
10h35
  • separator
  • 0
  • comentários

O site MasterClass é especializado em oferecer aulas exclusivas de grandes personalidades e artistas que são experts em suas áreas de atuação. Na seara do cinema, por exemplo, nomes como Martin Scorsese, Aaron Sorkin e Kevin Spacey foram escalados para ensinar suas artes. Mas após ser acusado de assédio sexual por Anthony Rapp, o astro de House of Cards teve sua masterclass cancelada.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

"À luz dos recentes eventos, a MasterClass decidiu encerrar as inscrições para as aulas online de Kevin Spacey", declarou a empresa, em comunicado oficial (via Variety). Composto por 28 vídeos e lançada no início do ano passado, o conjunto de lições de Spacey durava mais de cinco horas e trazia ensinamentos e tutoriais sobre como "se portar em um teste de elenco", aperfeiçoar um monólogo e fazer imitações. Além disso, usuários premium tinham direito de enviarem performances em vídeo para que o próprio Spacey as avaliasse.

A interrupção das aulas de Spacey é mais uma das repercussões do caso Rapp. Após ser acusado pelo ator de Star Trek: Discovery, que afirma ter sido assediado pelo ganhador do Oscar quando tinha apenas 14 anos de idade, o renomado intérprete declarou não se lembrar do ocorrido e "aproveitou" a ocasião para assumir sua homossexualidade. A revelação, cujo timing e forma não poderiam ter sido mais infelizes, foi encarada como uma tentativa de Spacey de justificar seus atos e provocou a ira da comunidade LGBT.

A resposta do ator à denúncia e a acusação em si também fizeram com que o Emmy Internacional retirasse a homenagem dedicada à Spacey de sua programação. Além disso, seu comportamento foi duramente criticado pela Netflix e por Beau Willimon, criador e ex-showrunner de House of Cards - que, por causa dos recentes acontecimentos, interrompeu as gravações de sua sexta e última temporada.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade