0

Jurassic World: Diretor revela que vulcão fará com que humanos protejam os dinossauros em Reino Ameaçado (Entrevista exclusiva)

Vai tudo virar lava?

7 dez 2017
21h24
atualizado em 8/12/2017 às 11h18
  • separator
  • comentários

Após faturar US$ 1,6 bilhão nas bilheterias mundo afora, é claro que  Jurassic World logo ganharia uma continuação. A sequência  Jurassic World: Reino Ameaçado tem estreia agendada apenas para 21 de junho de 2018, mas o primeiro trailer será divulgado em poucas horas - fique de olho no

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

AdoroCinema

!



Para marcar a ocasião, conversamos com o diretor  Juan Antonio Bayona sobre o que esperar do novo filme. E ele logo avisa: um vulcão prestes a entrar em erupção colocará em risco a vida na ilha Nublar! Ou seja, os dinossauros podem ser extintos, de novo! Para resgatá-los,  Chris Pratt e  Bryce Dallas Howard retornam ao local quatro anos depois, decididos a salvá-los.



ADOROCINEMA:

Esta é a primeira vez que você trabalha em uma sequência. Quais são as dificuldades em produzir um filme que já tem um passado?



JUAN ANTONIO BAYONA:

O grande desafio é encontrar um novo ângulo, especialmente porque este é o segundo

Jurassic World

e o quinto filme de Jurassic Park. Mas quando  Colin Trevorrow me contou sobre a história, fiquei muito impressionado. A trama é muito inovadora. É um novo contexto, algo que nunca vimos. E essa é sempre a parte mais difícil quando você está tentando descobrir sobre o que a sequência abordará.





AC:

Este filme se passa quatro anos após os eventos do primeiro

Jurassic World

. O que aconteceu com os personagens principais e com a Ilha Nublar neste período?



BAYONA:

Após o desastre do Jurassic World, a ilha foi abandonada. Então, os dinossauros estão livres e isso faz com que a ilha seja muito mais perigosa. Ainda há uma nova ameaça, um vulcão prestes a entrar em erupção. A situação fica ainda mais perigosa, se é que isso é possível. Daí vem o gatilho para uma nova pergunta mundial: o que faremos com os dinossauros? Vamos protegê-los ou deixaremos que eles morram? É neste contexto que encontramos os personagens. Owen (Chris Pratt) e Claire (Bryce Dallas Howard) estão dispostos a retornar à ilha e, pela primeira vez, a embarcar em uma jornada para salvar os dinossauros ao invés de salvar os humanos deles.




AC:

O vulcão é um elemento novo na franquia. Como foi encontrar o equilíbrio entre a sobrevivência dos dinossauros e o vulcão?



BAYONA:

O trailer faz um trabalho muito bom, pois faz o filme parecer muito espetacular sem mostrar muito sobre a trama. O que vemos no trailer é apenas uma parte do que o filme é, e isso sempre é empolgante. Não conhecemos toda a história a partir do trailer, existem muitas surpresas guardadas. O vulcão com certeza é uma grande parte deste imenso filme de ação, mas o filme também lida com as relações entre os personagens. E acho que nunca tivemos tanto dinossauros antes em um filme de Jurassic Park. Isso é muito empolgante. No fim das contas, é muito divertido estar envolvido neste tipo de filme, porque ele tem coisas das quais as pessoas vão se lembrar. É por isso que aceitei fazer parte da produção.





AC:

O novo filme traz  Jeff Goldblum de volta à franquia. O que podemos esperar de seu retorno?



BAYONA:

Você encontrará conexões com os filmes anteriores. É o segundo filme de

Jurassic World

, mas é um novo capítulo de uma grande franquia, uma saga que tem muitas raízes, muita história. Então, é sempre bom encontrar conexões perdidas com esses filmes. E Ian Malcolm é um personagem muito icônico e querido. Ele não desempenha um grande papel no filme, mas é uma participação muito significativa em relação à história. Foi ótimo! Vinte anos depois, colocar Jeff Goldblum para interpretar Ian Malcolm de novo era coisa certa a ser feita.




AC:

O velociraptor Blue também está de volta neste filme. Qual é a importância deste dinossauro na sequência?



BAYONA:

Owen e Blue estabeleceram uma relação no primeiro filme. Este filme é sobre a evolução da relação entre homens e dinossauros, sempre achei que seria interessante desenvolver o relacionamento deles. Todos os animais estão livres na Ilha e Blue está no meio deles. Nós damos mais um passo na relação entre o dinossauro e Owen de uma forma muito interessante.





AC:

Veremos novos dinossauros na sequência?



BAYONA:

Com certeza! Teremos muitos dinossauros novos. Este é o filme da franquia com o maior número de dinossauros. Você verá os dinossauros que ama, como o T-Rex, o braquiossauro, o triceratops, os velociraptors, mas, ao mesmo tempo, você também verá inúmeros dinossauros novos.




AC:

Com esta ideia de salvar os dinossauros, podemos esperar ver alguns deles fora da Ilha?



BAYONA:

Talvez. Existem muitas surpresas, não quero estragar o filme. Apenas uma porção do filme se passa na Ilha. Depois disso, seguimos em frente. É muito empolgante.




AC:

Você já está planejando uma nova sequência?



BAYONA:

Estou trabalhando neste filme primeiro, preciso terminar tudo antes. Seria uma honra trabalhar em mais um filme da franquia, mas preciso focar em terminar este antes.



AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade