0

Jason Momoa, das passarelas até Aquaman

Uma ascensão meteórica desde o Khal Drogo de Game of Thrones.

16 dez 2018
09h29
  • separator
  • comentários

Antes de 2011, muita gente sequer tinha ouvido falar de Jason Momoa. Em cartaz nos cinemas como Aquaman, o ator havaiano nem sempre viveu das artes dramáticas:

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

1. Biólogo marinho?

Nascido em Honolulu em 1979, de origem alemã e irlandesa, Momoa viajou o mundo inteiro, tendo vivido na França e no Tibete. Quando terminou a escola, decidiu se tornar biólogo marinho. Ele chegou começar o curso de Biologia em uma faculdade da Flórida, antes de desistir deste caminho.


2. Modelo

Aos 19 anos de idade, foi descoberto por Takeo Kikuchi, que o encorajou a seguir a carreira de modelo. Os planos deram certo, e no ano seguinte Momoa foi eleito o melhor modelo masculino do Havaí, embora ainda trabalhasse numa loja de surfe em sua cidade natal para completar o salário.

3. Séries de praia

As primeiras oportunidades como ator chegaram muito antes de Momoa ter qualquer formação na área. Ele foi escalado para atuar em S.O.S. Malibu (2004), além de North Shore (2004). Embora tivesse um papel regular, seu personagem não se destacava na trama, e Momoa ainda tinha muito a crescer como ator. A participação em Stargate: Atlantis (2005) ajudou até ele conseguir o seu primeiro papel como protagonista no cinema, na versão moderna de Conan, o Bárbaro (2011). Infelizmente, o filme foi mal recebido pelos críticos e faturou míseros US$48 milhões no mundo inteiro (para os custos de US$90 milhões).


4. GoT

Certamente, o papel que alavancou a carreira de Jason Momoa veio em Game of Thrones, quando ele interpretou o poderoso Khal Drogo, líder dos Dothraki e apaixonado por Daenerys Targaryen (Emilia Clarke). O conhecimento do Haka (dança tradicional do povo Maori) foi essencial para se destacar no teste de elenco. O personagem trouxe a oportunidade de mostrar não apenas o lado agressivo, como também os dotes dramáticos do ator.

5. Diretor

Com a popularidade em alta, Momoa se arriscou na direção de longas-metragens. Em 2014, dirigiu Road to Paloma, suspense sobre um homem (o próprio Momoa) fugindo da polícia após matar o homem que estuprou a sua mãe. A produção de baixíssimo orçamento permitiu ao ator contracenar com a esposa, Lisa Bonet, e recebeu críticas majoritariamente positivas, embora não tenha conquistado uma distribuição ampla. O filme não chegou aos cinemas brasileiros.


6. Aquaman

Em 2014, depois de meses sendo cogitado como possível intérprete do Aquaman, Momoa foi finalmente confirmado pelos estúdios Warner. Ele precisou manter segredo sobre a escalação, desmentindo a participação no projeto até o anúncio oficial. O personagem foi apresentado rapidamente em Batman vs Superman - A Origem da Justiça (2016), mas só ganhou relevância na trama de Liga da Justiça (2017). O filme solo foi, sem dúvida, o maior papel da carreira de Momoa, e a oportunidade de mostrar sua desenvoltura em ação, comédia, drama e ficção científica ao mesmo tempo. 

7. Futuro

Curiosamente, o ator não tem muitos projetos confirmados para os próximos anos. Espera-se a presença de Aquaman em Liga da Justiça 2 (2022), mas além disso, ele tem apenas uma participação na série de ficção científica See e deve atuar no filme de ação Just Cause, dirigido por Brad Peyton (de Terremoto: A Falha de San Andreas e Rampage: Destruição Total). Momoa pode se tornar o novo Dwayne Johnson do cinema de ação?

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade