0

Italianos são presos por falsificar assinatura de George Clooney

Com a fraude, o casal já roubou mais de R$5 milhões.

18 jun 2019
13h14
atualizado às 14h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Além de ser um ator icônico, filantropo nato e galã indiscutível, George Clooney também é alvo de fraudes envolvendo golpistas italianos e assinaturas falsas. Francesco Galdelli, de 58 anos, e Vanja Goffi, de 45, foram detidos recentemente enquanto se escondiam na cidade de Pattaya, na Tailândia. O casal foi apreendido por uma força-tarefa organizada em conjunto por autoridades dos dois países.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Francesco e Vanja são procurados pela Interpol desde 2014, quando foram condenados a oito anos de prisão por fraude e falsidade ideológica. Em 2010, eles convenceram diversos investidores, de diferentes áreas, de que Clooney havia dado-os autorização escrita para que uma marca de roupas exclusiva fosse criada em seu nome.

No mesmo ano, os advogados do astro descobriram o acontecido e entraram com processo judicial contra ambos. O próprio George foi aos tribunais testemunhar, e afirmou que jamais concedeu permissão para que nenhuma marca de roupas fosse criada com seu nome. Juntos, eles conseguiram que cerca de 40 milhões de bahts (R$ 5 milhões de reais) fossem enviados para suas contas. 


Francesco sendo conduzido à delegacia local.

Para conseguirem sustento na Tailândia, eles continuaram com as farsas: vendiam relógios rolex falsos em barracas improvisadas. O casal será conduzido de volta para a Itália onde cumprirá o julgamento anterior, cuja sentença foi dada há 5 anos.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade