0

Infiltrado na Klan: Spike Lee quer que seu novo filme mobilize votos contra Donald Trump

O cineasta está de volta, e mais incendiário do que nunca.

10 ago 2018
16h51
  • separator
  • comentários

Infiltrado na Klan pode ser ambientado na década de 1970, mas isso não quer dizer que o premiado trabalho de Spike Lee não seja atual. Aliás, o prolífico, político e incendiário cineasta já mandou avisar: ele quer que seu thriller/comédia policial mobilize a população estadunidense a votar contra Donald Trump nas próximas eleições dos Estados Unidos (via Variety).

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Baseado em uma história real, Infiltrado na Klan acompanha a missão de dois policials, um negro (John David Washington) e um branco (Adam Driver), que decidem se infiltrar na organização supremacista branca Ku Klux Klan para derrubá-la de dentro. O longa de Lee, vencedor do Grande Prêmio do Júri desta última edição do Festival de Cannes, pretende traçar um paralelo entre os crimes hediondos perpetrados pelos terroristas encapuzados e a recente onda de violência contra a população negra nos EUA, impulsionada pela ascensão da extrema-direita no país e pela eleição de Trump em 2016.

Trazendo uma canção inédita de Prince e produzido por Jordan Peele (Corra!), Infiltrado na Klan estreia no dia 22 de novembro.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade