0

Harrison Ford deu conselhos a Alden Ehrenreich para Han Solo: Uma História Star Wars

O ator compartilhou informações sobre a origem e sobre a motivação do personagem também o diretor Ron Howard.

10 fev 2018
00h10
  • separator
  • comentários

Para assumir o icônico papel de Han Solo no próximo filme da franquia Star Wars, Alden Ehrenreich recebeu conselhos do próprio Harrison Ford.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Em entrevista ao Entertainment Weekly, o ator de 28 anos, mais conhecido por Ave, César!, comentou que conversou com Ford em um almoço em janeiro de 2017, pouco antes da produção de Han Solo: Uma História Star Wars começar.

"Diga a eles que eu lhe disse tudo o que precisa saber, e que você não pode contar a ninguém", Ford orientou Ehrenreich, que ficou em silêncio. "Tenho que manter minhas ordens do próprio homem", disse o ator, revelando que Ford é um "verdadeiro cavalheiro".

Entretanto, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, afirmou que ligou para Ford para saber o que ele tinha achado do novo intérprete de Han Solo: "Foi perfeito, o clássico Harrison", disse Kennedy, imitando o murmúrio de Ford: "Bom garoto, bom garoto. Muito bom garoto."


Kennedy ainda afirmou que o ator mais velho passou algumas dicas importantes sobre o passado e motivações de Han que ele recebeu originalmente de George Lucas quando leu o roteiro de Guerra nas Estrelas em 1977.

"O que [Ford] fez tão lindamente para Alden foi que ele falou muito sobre o que lembrou quando leu pela primeira vez Star Wars , e o que George tinha feito com Han. Quem era o personagem e as conversas que ele teve durante tantos anos com George sobre como esse personagem se desenvolveu", disse Kennedy. "Ele deu a Alden o tipo de visão que foi inestimável. Houve várias vezes no percurso de fazer o filme onde Alden realmente contava algumas das coisas que Harrison havia apontado. Eu acho que isso realmente foi muito útil para ele".

Alden Ehrenreich não foi o único a receber conselhos de Harrison Ford. Ron Howard, quando assumiu a direção de Han Solo: Uma História Star Wars após da demissão de Phil Lord e Chris Miller, buscou orientações do Han Solo original.

"Harrison é um ator muito envolvido e um artista, e eu queria saber o que ele aprendeu sobre o personagem", afirmou Howard.

O cineasta ainda revelou algo que é novo até para os fãs: "[Ford] disse que Han está sempre dividido entre essa sensação de que ele era, de certo modo, um órfão e, portanto, ansiava por conexão com pessoas e lutou com isso ao mesmo tempo. Eu achei que isso era bastante interessante.


"Parece, então, que Han Solo: Uma História Star Wars vai explorar o fato de que o capitão da Millennium Falcon não tem família, assim como Luke (Mark Hamill) e Leia (Carrie Fisher), mas sem tia Beru e tio Owen em Tatooine; sem Bail Organa ou Rainha Breha em Alderaan; e sem uma casa segura. O que sabemos é que ele verá um mentor e uma figura paterna em Tobias Beckett (Woody Harrelson). Isso explicaria também porque Solo queria tanto que Rey (Daisy Ridley), órfã e sozinha, fosse parte de algo e integrasse a tripulação da Millennium Falcon em O Despertar da Força.


Na trama, Han será um garoto tentando fazer um nome para si mesmo no submundo. O crime parece ser uma boa vida, especialmente após abandonar a Academia de Voo Imperial, e o objetivo de Solo é conseguir um pouco de independência. Ele não quer confiar em ninguém, nem dever nada a ninguém.

"Han sobreviveu e provou que ele pode sobreviver, mas ele nunca tem certeza de que é tão inteligente quanto precisa ser", continuou Howard, relembrando sua conversa. "Mude isso. Ele não é realmente 'inteligente'. Essa não é a palavra que ele usou. Han não estão está tão no topo quanto precisa estar. Então, ele quer dar a aparência de [controle], mas, de fato, ele está muitas vezes tentando. Eu acho que Harrison interpretou isso lindamente, e Alden e eu falamos muito sobre essas duas ideias."

Han Solo: Uma História Star Wars tem estreia marcada para o dia 24 de maio.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade