0

Game of Thrones: Showrunners revelam que sabem o final da série há cinco anos

Quem vai sentar no Trono de Ferro?

9 abr 2019
15h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O final de Game of Thrones está se aproximando. Enquanto os fãs só especulam sobre o que pode acontecer com seus personagens favoritos (e odiáveis), os showrunners David Benioff e D.B. Weiss já sabem o final da série da HBO há cerca de cinco anos.

Foto: HBO / AdoroCinema

Os criadores da produção revelaram, em entrevista ao Entertainment Weekly, que eles sabem os principais elementos do final por pelo menos cinco anos, quando debateram isso na terceira temporada. Claro que os showrunners permitiram ajustes aqui e ali para o "grand finale" ao longo dos anos, de modo a garantir que eles encontrariam o melhor desfecho possível.

"Não era como algo em que cinco anos atrás um de nós disse: 'Acho que isso tem que acontecer e sei que está certo'", disse Weiss. "[O enredo foi] algo que gradualmente se desenrolou, sem que nenhum de nós quisesse fincar uma bandeira chão logo fora do portão. Porque e se você estiver errado? E se houver uma ideia melhor lá fora e você colocou uma bandeira na segunda ou terceira melhor ideia? Então, foi sempre mais para uma conversa 'E se...' do que uma 'Eu acho que...'. Então, quando chegamos ao local onde estávamos delineando, já sabíamos a maioria das grandes coisas."


Weiss ainda revelou a pressão e responsabilidade de contar o fim da história criada por George R.R. Martin.

"Por um lado, quando você está trabalhando em algo por 10 anos, saber que está escrevendo os últimos episódios é mais difícil porque há muito mais peso e pressão nessas cenas. 'É uma fala certa?' Parece mais importante do que nas temporadas passadas. Por outro lado, as motivações por trás de cada cena são algo sobre o que você pensa há cinco anos, então as fundações em sua mente são mais fortes para o que você está colocando no papel. Mas você ainda se encontra gastando muito mais tempo para fazer a coisa certa."


Benioff e Weiss revelaram anteriormente que, quando ficou claro que a série terminaria antes dos livros, Martin sentou com eles e os contou alguns pontos-chave de seu trabalho. No entanto, os showrunners, desde então, afirmaram que, a fim de evitar spoilers dos livros, eles não planejam revelar como ou se o final da série é diferente da série de livros de Martin. Eles também admitiram que realmente se importam se os fãs odeiam o final, embora também reconheçam que não podem agradar a todos:

"Queremos que as pessoas amem isso. Isso é muito importante para nós. Nós passamos 11 anos fazendo isso", explicou Weiss. "Também sabemos que não importa o que façamos, mesmo que seja a versão ideal, que um certo número de pessoas vai odiar a melhor de todas as versões possíveis. Não existe uma versão em que todos digam: 'Tenho que admitir, concordo com todas as outras pessoas no planeta que esta é a maneira perfeita de fazer isso' — essa é uma realidade impossível que não existe. Você espera que esteja fazendo o melhor trabalho possível, a versão que funciona melhor do que qualquer outra versão, mas você sabe que alguém não vai gostar dela. Eu fui essa pessoa com outras coisas, onde as pessoas estão amando alguma coisa e eu estou, tipo, 'Sim, tudo bem. Eu estava esperando por mais'."


Benioff ainda citou o final de Família Sopranos, que ele admira, mas não espera necessariamente o mesmo fim para GoT.

"Desde o começo, falamos sobre como a série terminaria. Uma boa história não é uma boa história se você tiver um final ruim. Claro que nos preocupamos. Também faz parte da diversão de qualquer programa que as pessoas adoram discutir sobre isso. Eu amei o jeito que David Chase acabou com The Sopranos [com seu surpreendente corte para preto]. Eu era uma daquelas pessoas que achavam que minha TV tinha apagado. Eu me levantei e estava checando os fios, incapaz de acreditar que meu cabo tinha saído no momento mais importante da minha série de TV favorita. Eu acho que foi o melhor de todos os finais possíveis para esse show. Mas muitas pessoas têm isso. Eu tenho tido muitas discussões com as pessoas sobre por que elas acharam que foi um ótimo final, mas elas se sentiram legitimamente enganadas e isso é o direito delas de se sentirem assim, assim como é meu direito sentir que elas são idiotas. Eu sempre me lembrarei de estar no metrô indo para o Yankees Stadium alguns dias depois do final dos Sopranos. E havia umas três conversas diferentes no metrô e eram exatamente sobre a mesma coisa."

Provavelmente Game of Thrones também vai gerar esse burburinho nas ruas, transportes públicos e ambientes de trabalho — inclusive aqui na redação do AdoroCinema.

A oitava e última temporada de Game of Thrones tem estreia marcada para o dia 14 de abril.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade