7 eventos ao vivo

Game of Thrones: Sean Bean conta o que Ned Stark sussurrou antes de morrer

Um momento de serenidade condizente com a postura do saudoso Senhor de Winterfell.

18 mar 2018
09h12
  • separator
  • comentários

Game of Thrones se tornou o fenômeno que é hoje devido à sua surpreendente capacidade de matar, sem piedade, os personagens mais importantes da trama. Na primeira temporada, assim como no primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo, a maior delas foi Ned Stark — que também é, na opinião de quem escreve, o melhor personagem de toda a saga, por sua correção irrestrita e pela digníssima atuação de Sean Bean como um verdadeiro lorde pleno de valores em uma típica terra medieval selvagem.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Em entrevista ao Huffington Post, o intérprete do saudoso Senhor de Winterfell revelou um dos grandes mistérios da série em torno de sua morte: o que Eddard Stark teria dito nos instantes que precederam sua execução por decapitação? Pois não tem nada a ver com a icônica "Valar Morghulis", que sua vingativa filha Arya (Maisie Williams) reproduz para vingar as injustiças cometidas contra si e sua família. Ned se manteve fiel à sua postura cerebral.

"Ele só estava rezando", conta o ator inglês, revelando algo tão simples incapaz de decepcionar — afinal, perfeitamente condizente com seu personagem. "Parece isso, não é? Não podia ser algo muito específico, pois não sabia se religião era corrente naqueles dias, seja como fosse. 'O que você faria se isso fosse acontecer?' Provavelmente rezar. Provavelmente sussurrar umas palavras e se silenciar. Guardar pra si mesmo", disse Sean Bean, revelando o momento derradeiro de sua cuidadosa construção do personagem.

"É muito sutil. [...] Pra mim, foi algo interessante a se fazer naquele momento. Na verdade, não há muito a se fazer, você tem a sua cabeça em um bloco de concreto. De certa forma, a única coisa que se tem a fazer é murmurar, completou Sean Bean.

Só pra lembrar: Game of Thrones retorna para sua oitava e última temporada em 2019. A data exata ainda não foi definida.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade