1 evento ao vivo

Game of Thrones: Roteirista explica os momentos entre Jaime e Brienne no 2º episódio

Contém spoilers!

22 abr 2019
12h32
atualizado às 12h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Antecedendo a grande batalha de Winterfell contra os mortos, o episódio "A Knight of the Seven Kingdoms" trouxe momentos emocionantes para os fãs de Game of Thrones, inclusive alguns envolvendo Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) e Brienne de Tarth (Gwendoline Christie).

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Em entrevista concedida à Entertainment Weekly, o roteirista do episódio, Bryan Cogman, deu detalhes sobre o encontro entre os dois personagens e o que significa a relação entre ambos.

Sobre a cena do julgamento do Regicida, que abre o episódio, Cogman explica que "foi uma chance de revisitar o arco de Jaime com diferentes perspectivas sobre ele. A perspectiva de Brienne espelha a da audiência. Uma coisa da qual tenho que me lembrar é que nem todo mundo em Game of Thrones está vendo Game of Thrones. Os personagens sabem apenas do que sabem e conhecem apenas suas próprias experiências, mas a coisa natural que você quer falar é, 'são ambos pessoas legais, então coloquem suas diferenças de lado.' O que é legal sobre o testemunho de Brienne é que ela não é apenas uma personagem que viu de perto as mudanças pelas quais Jaime passou no curso da temporada —  além de Tyrion (Peter Dinklage), que tem suas próprias razões para amar o irmão e saber que ele não é a pessoa que outros enxergam."

Game of Thrones 8x02: Encontros com ares de despedida


Brienne é a personagem que dá um fim ao julgamento de Jaime, fazendo com que Sansa (Sophie Turner) veja o seu lado da história, uma vez que há entre as duas mulheres uma relação mútua de respeito e confiança. Posteriormente, o Cavaleiro Lannister pede para lutar na batalha sob as ordens de Brienne, um momento também recheado de significados.

 "Jaime faz algo que você jamais esperaria que o Jaime da segunda temporada fizesse", aponta o roteirista. "Para ele, ser humilde e servir sob qualquer pessoa é algo gigantesco. Ele nunca faria aquilo para qualquer pessoa que não fosse ela. Jaime foi um cavaleiro dos Sete Reinos por toda a sua vida, mas ele está enfim se tornando o Cavaleiro que almejou."

A sequência ganha uma nova guinada quando ele resolve fazer a condecoração de Brienne como Cavaleira, no que é certamente o momento mais emotivo do episódio.

"Queríamos tomar o público de surpresa. Não é uma cena cerimoniosa em um penhasco ao pôr-do-sol com capas esvoaçantes. Vem de um momento impetuoso que até algumas pessoas no salão vêem como piada, mas logo percebem que não é. É algo monumental. É uma passagem de graça e beleza no meio de um pesadelo, e a principal razão por que quis escrever este episódio", confessa, admitndo que o título do episódio de fato é uma referência tanto a Jaime quanto a Brienne.

A cena da condecoração, inclusive, é um dos momentos dos quais a atriz tem mais orgulho na série.

"Eu pensei muito sobre isso e sobre o que ela significava para mim, conceitualmente. É muito emocionante para a personagem conseguir algo que ela queria e ter isso reconhecido."

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade