1 evento ao vivo

'GoT': Primeiro episódio teve seis minutos cortados na China

Mais uma produção censurada pelo país.

17 abr 2019
15h27
atualizado às 15h47
  • separator
  • comentários

O mundo inteiro estava esperando a estreia da 8ª temporada de Game of Thrones, mas os fãs chineses não ficaram felizes com o episódio. Os censores do país cortaram seis minutos do capítulo antes dele ser exibido pelo serviço de streaming local, Tecent. Duas cenas foram censuradas: a de Bronn (Jerome Flynn) com três prostitutas (em que descobrimos o trágico destino do personagem de Ed Sheeran); e o resgate de Yara (Gemma Whelan) por seu irmão Theon (Alfie Allen). 

Foto: HBO / AdoroCinema

Com toda a razão, os fãs criticaram a atitude dos censores, e este espectador sintetizou o por que da irritação nas redes sociais: "É um pouco desconfortável assistir esta versão. Se as cenas cortadas não fossem importantes, porque seriam escritas? Porque seriam gravadas? As pessoas assistem Game of Thrones por toda a história, não pelas cenas de sexo ou violência. Eu não quero perder nem um segundo dos episódios."

O argumento é extremamente válido, até porque, a cena do resgate é o momento de redenção de Theon, que deixou sua irmã ser capiturada por Euron (Pilou Asbæk) na sétima temporada. Com apenas mais cinco episódios, vale esperar quanto dos próximos episódios serão censurados na China. Vale lembrar que Bohemian Rhapsody também teve cenas gays cortadas ao ser exibido no país asiático.

Veja também:

 

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade