3 eventos ao vivo

Frozen 2: Análise do novo trailer

O que era aquele cavalo marinho? E as runas? As pedras têm conexão com Valente? Vem ver todos os detalhes escondidos.

11 jun 2019
13h50
atualizado às 15h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Frozen 2 ganhou um novo trailer oficial! Para que você não deixe escapar nenhum detalhe da nova animação, o AdoroCinema faz agora uma análise do vídeo — com algumas especulações do que está por vir. Confira abaixo e, então, (re)veja a prévia acima.

Foto: Walt Disney Animation Studios / AdoroCinema

Cavalo marinho

Tal como acontece no teaser anterior, este trailer começa com Elsa treinando seus poderes no mar. Só que, desta vez, a Rainha de Arendelle encontra algo submerso: um cavalo marinho, uma criatura mágica, que logo desaparece em bolhas. De acordo com a Disney (via Fandom), trata-se de Nokk (ou Nøkken), um espírito da água da mitologia norueguesa. Capaz de mudar de forma, ele é mais comumente conhecido como um espírito da água masculino (geralmente um cavalo). Apesar de ele não parecer hostil quando encontra Elsa no trailer, na lenda ele tocava um violino encantado para atrair mulheres e crianças para a morte, em um lago ou riacho. Na cena, de fato ouvimos uma música instrumental cativante. Seria ele um possível inimigo?


Posteriormente no vídeo, no entanto, Nokk retorna em uma visão, e desta vez Elsa está muito feliz em vê-lo, emocionada quando ele pula ao redor dela. Parece que o cavalo está servindo de guia espiritual, mostrando a Elsa quais forças ela terá que enfrentar para completar sua missão. Assim, como uma constelação, vemos uma imagem de dois gigantes — que aparecerão feitos de pedra mais para frente do trailer. Curiosamente, eles se parecem bastante com o monstro de neve feito por Elsa para proteger seu Castelo de Gelo no primeiro filme. Seriam eles manifestados por pessoas com poderes de outro elemento da natureza?


A produção ainda dá a entender que talvez Elsa não seja a única com poderes mágicos. Outros personagens podem ter habilidades provenientes dos elementos clássicos (água, ar, fogo e terra), da mesma forma que Elsa controla água/gelo, e os gigantes de pedra poderiam vir da terra.

O passado de Elsa

Enquanto no primeiro filme, Elsa quer deixar o passado no passado (como canta na música "Let it Go"/"Livre Estou"), neste novo longa a personagem terá que relembrar o que já passou. Mais especificamente, como ela "ganhou" estes poderes — contradizendo o que anteriormente foi dito sobre ela ter nascido com eles.


Os trolls, antes reclusos, agora aparentemente se revelaram para o povo de Arendelle — para alertar sobre uma possível crise no mundo. São eles os responsáveis por enviar Elsa e seus companheiros em uma missão misteriosa no Norte, para descobrir verdades ocultas nas Terras Encantadas, mistérios sobre seu passado e poderes. Afinal, enquanto no primeiro filme acreditava-se que as habilidades da moça fossem demais para o mundo, neste duvida-se que sejam o suficiente. Isso sugere que a Rainha de Arendelle enfrentará um inimigo ainda maior e mais poderoso.

As palavras do troll Pabble vêm acompanhadas de imagens da infância de Elsa, com uma cena da mãe dela encarando a Aurora Polar. Os compositores Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez revelaram em entrevista que o filme mostrará mais dos pais de Elsa e Anna, sugerindo que abordará o passado do rei Agnarr e a rainha Iduna. De acordo com os diretores Jennifer Lee e Chris Buck, Elsa e Anna vão tentar descobrir o que aconteceu com eles — que, teoricamente, morreram num naufrágio durante a animação original. Seria esse o motivo de Elsa tentar enfrentar o oceano com seus poderes?


Há especulações de que os jovens personagens vistos no primeiro teaser seriam os pais das protagonistas, numa espécie de flashback. A menina novata (de cabelos castanhos) teria poderes relacionados ao outono ou ao vento, brincando com um rapaz (loiro). Poderia Elsa ter herdado isso de sua mãe, geneticamente, ganhando habilidades relacionadas à outra estação do ano? Outra especulação indica que a Aurora Boreal seja a chave para desvendar os poderes da Rainha de Arendelle. Afinal, algumas lendas transformam essas brilhantes luzes do norte em manifestações de magia.


Jovens que apareceram no primeiro teaser de Frozen 2 podem ser pais de Elsa e Anna.

Fortaleza de Gelo

Apesar de já ser outono em Arendelle, quando os personagens estão viajando para o Norte, para as Terras Encantadas, temos um vislumbre do Castelo de Gelo de Elsa, criado durante a sequência "Let It Go" no primeiro filme. A Rainha fez a Fortaleza no alto das montanhas, o que provavelmente significa que nunca fica quente o suficiente para derreter o gelo.


Floresta encantada

Uma misteriosa cena na floresta mostra os personagens enfrentando uma espécie de fogo rosa. Não fica evidente se isso é uma magia da natureza, o tipo de evento que aconteceria o tempo todo nas Terras Encantadas, ou se foi desencadeada por outra feiticeira. Na sequência, temos um vislumbre de Kristoff e Sven indo ao resgate de Anna.


Runas

O primeiro teaser e um dos cartazes de Frozen 2 mostraram flocos de neve com formas diferentes, indicando uma relação com os quatro quatro elementos clássicos (água, ar, fogo e terra), ou mesmo com as quatro estações do ano. Neste trailer, não é diferente. Vemos Elsa gerando runas místicas no céu noturno, talvez lançando um encantamento de algum tipo sobre sua terra. Runas como essas são tradicionalmente associadas à religião nórdica, carregando um significado forte e profundo.


Tais símbolos voltam a aparecer no meio de uma clareira, uma espécie de portal onde encontramos Elsa e Anna. Quando a Rainha de Arendelle toca a névoa ali presente, uma série de pedras são reveladas (alguém lembrou de Stonehenge?), cada uma delas inscrita com a mesma runa mística que Elsa gerou sobre Arendelle. É curioso ver Elsa conectada a essas runas, pois a maioria dos estudiosos acredita que pedras nórdicas semelhantes eram tipicamente associadas à masculinidade, não às mulheres.


A estrutura de pedra também lembra outra animação da Disney: Valente. Até mesmo o cartaz dos dois filmes é parecido. Ainda que Brave (no original) seja da Pixar e integre a teoria de que todos os filmes do estúdio são conectados, seriam as runas uma indicação de que os longas se passam no mesmo universo? Ou talvez que a inspiração mágica seja parecida?


Cena de Valente.

Não seria a primeira vez que Frozen tem conexão com outra animação da Disney. Rapunzel e Flynn, de Enrolados, foram à coroação de Elsa no primeiro filme, conforme alguns fãs com olhos de águia notaram. Além disso, um dos diretores de Frozen, Chris Buck, revelou sua própria teoria de Tarzan fosse o irmão perdido de Elsa e Anna. Os reis de Arendelle estariam indo a um casamento quando desapareceram no mar, só que foram parar na costa de uma selva e construíram uma casa da árvore, onde a rainha deu à luz a um menino.


Rapunzel e Flynn em cena de Frozen.

Com os retornos dos dubladores Idina Menzel (Elsa), Kristen Bell (Anna), Josh Gad (Olaf) e Jonathan Groff (Kristoff), Frozen 2 tem estreia marcada, no Brasil, para 2 de janeiro de 2020.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade