0

Festival de Toronto 2019: Renée Zellweger ressurge rumo ao Oscar em cinebiografia de Judy Garland

É isso mesmo que você acabou de ler.

9 set 2019
07h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Lembra quando a reaparição de Renée Zellweger chocou o mundo, devido à sua transformação facial? Desde então a atriz retomou a carreira, não apenas rodando O Bebê de Bridget Jones mas também filmes e séries um tanto quanto obscuros, como Dilema, Versões de um Crime e Somos Todos Iguais. Pois agora ela está cotadíssima para o Oscar 2020.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Se a exibição de Judy no Festival de Telluride já havia apontado a atriz como candidata à indicação, Toronto apenas confirmou a força de sua atuação. Renée surpreende ao interpretar uma Judy Garland decadente, brilhando especialmente quando está no palco e também na composição de um olhar perdido, decorrente dos muitos problemas pessoais que vivencia. Confira nossa crítica!

Ao menos por enquanto, a principal oponente na categoria de melhor atriz aparenta ser Annette Benning, bastante elogiada por Hope Gap - também exibido em Toronto, mas ainda não conferido pelo AdoroCinema - e Lupita Nyong'o, por Nós. A lista de indicados será revelada em 13 de janeiro, ou seja, ainda tem muita água para rolar.

Dirigido pelo pouco conhecido Rupert Goold, Judy conta ainda com Rufus Sewell, Finn Wittrock e Jessie Buckley no elenco. Até o momento, não tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade