3 eventos ao vivo

Coprodução brasileira vence 'Semana da Crítica' em Cannes

A comédia surrealista conquistou o júri presidido pelo diretor Joachim Trier.

16 mai 2018
17h02
atualizado às 19h26
  • separator
  • comentários

Conforme o Festival de Cannes se aproxima de seu fim, também vão se encerrando as mostras paralelas do prestigiado evento francês - e deu Brasil na Semana da Crítica! De acordo com informações do The Hollywood Reporter, Diamantino, coprodução realizada entre nosso país, Portugal e França, é o grande vencedor da 57ª edição da mostra, comandada pelo crítico Charles Tesson, membro da famosa revista Cahiers du Cinéma.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

A visão surreal do cômico e satírico longa de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt sobre a ascensão e a queda de um extravagante jogador de futebol após sofrer um revés profissional conquistou as atenções do júri presidido pelo cineasta norueguês Joachim Trier e das plateias que acompanharam as exibições da obra na Semana da Crítica. Assim, Diamantino conquistou o Grande Prêmio Nespresso, principal honraria da seção.

Os outros premiados são o ator Felix Maritaud, que ganhou o caneco de Ator Revelação pelo trabalho em Sauvage, dirigido por Camille Vidal-Naquet; o filme Sir, que garantiu o troféu Gan, destinado a fomentar e ampliar a distribuição e visibilidade de uma determinada obra; e o prêmio de roteiro, cujo recipiente agora é Benedikt Erlingsson, responsável pelo drama Woman at War.

Protagonizado por Carloto Cotta e descrito por nossa análise como uma "comédia [que] se sobressai pela abordagem corajosa de seus temas e da estética", Diamantino trata de temas variados como a crise dos refugiados e o culto à celebridade. A coprodução nacional ainda não tem previsão de estreia nas telonas brasileiras. O Festival de Cannes, por sua vez, vai até o dia 19 de maio.

 

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade