0

Festival de Berlim 2019: Comédia dramática da Macedônia é boa candidata ao prêmio de melhor roteiro

O segundo filme da Berlinale com "Deus" no título, depois de By the Grace of God.

10 fev 2019
15h54
  • separator
  • comentários

No quarto dia da Mostra Competitiva do 69º Festival Internacional de Cinema de Berlim, nenhum filme se tornou o franco favorito ao Urso de Ouro até agora. O mongol Öndög se mantém como líder da tabela coletiva de críticos da Screen - e seria o nosso preferido também -, mas fica a torcida pela exibição de algum título ainda mais contundente.


O macedônio God Exists, Her Name is Petrunya (imagem acima) é um dos concorrentes. Na comédia dramática da diretora Teona Strugar Mitevska, uma mulher marginalizada por estar solteira e desempregada vence uma gincana religiosa reservada aos homens.

O fato desperta um escândalo na cidadezinha onde mora, e durante algumas horas, a mulher terá que enfrentar a fúria dos homens da região. Embora traga uma bela atuação e simbologias bem conduzidas pelo roteiro, o filme se enfraquece devido às escolhas pouco inspiradas da direção. Mesmo assim, seria um bom candidato ao Urso de Prata de melhor roteiro.


The Operative

O alemão/isralense The Operative, de Yuval Adler, despertou a atenção da mídia local pela presença de Diane Kruger no papel principal e pela adaptação do livro de espionagem "The English Teacher", de Yiftach Reicher Atir. 

O projeto busca reproduzir todos os códigos hollywoodianos do gênero - trilha sonora de orquestra ininterrupta, montagem acelerada para gerar tensão, uma intricada trama geopolítica envolvendo Irã, Israel e Alemanha - mas soa como uma cópia menos inspirada das produções de Paul Greengrass. Não por acaso, foi exibido fora de competição - ou seja, não concorre a prêmios.


O dia 11 de fevereiro trará dois concorrentes promissores: Ghost Town Anthology, do sempre ousado Denis Côté, e A Tale of Three Sisters, fábula feminina passada na Turquia.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade