2 eventos ao vivo

Emmy 2018: A trajetória de ascensão de Game of Thrones como uma das maiores séries da premiação

O drama é sucesso de crítica, público e também da Academia. A trinca valiosa demonstra o potencial da HBO e a importância da série para o canal.

12 jul 2018
19h48
  • separator
  • comentários

Game of Thrones já possui o título de série do Primetime com mais vitórias no Emmy: 38 no total, um recorde que bateu em 2016 ao ganhar uma estatueta a mais que a comédia Frasier. De volta à premiação da Academia após um 2017 sabático, o drama da HBO não fez por menos, e resgatou a sua superioridade ao ser novamente a série com o maior número de indicações, 22. Mas o que isto significa?

Como a própria televisão, o Emmy é um evento de ciclos, que mudam à medida que séries começam ou terminam. O ciclo atual é dominado por Game of Thrones, que ano após ano foi conquistando um espaço a mais. Em 2011, recebeu 13 indicações; em 2012, 12. Em 2013, o número subiu para 17, e pulou para 20 em 2014. Em 2015 e em 2016, conquistou 24 nomeações. A queda aconteceu agora, em 2018, quando o número desceu para 22.

Emmy 2018: Veja a lista completa de indicados!


O ciclo de Game of Thrones significa uma posição certeira da HBO como uma influenciadora natural, um modelo a ser seguido no que tange a produções que caem no gosto da crítica, do público e das premiações — uma trinca tão valiosa quanto rara. O que não dá para dizer é que este momento é inédito para o canal a cabo que é responsável por The Sopranos, Six Feet Under, Band of Brothers e The Pacific.

A série assinada por David Benioff e D.B. Weiss foi indicada à categoria principal (melhor série de drama) em todos os anos que concorreu, por cada uma de suas (até agora) sete temporadas. Foi apenas em 2015 e em 2016 que conseguiu de fato vencer, pelas temporadas 5 e 6, e antes disso enfrentou as disputas pesadas de Breaking Bad, Mad Men e Homeland. Em 2011, a vencedora de melhor drama foi Mad Men, e em 2012 a campeã foi Homeland. Foi em 2013 e em 2014 que Breaking Bad conquistou a sua dobradinha, pelas temporadas finais. Depois disso, os 'homens difíceis' saíram de cena e a Guerra dos Tronos ficou.

Grande parte do sucesso de Game of Thrones nas premiações fica a cargo do fator técnico. Categorias de montagem, fotografia, efeitos visuais, figurino e maquiagem são prêmios certos para séries da HBO, haja vista o primor técnico dedicado a cada uma das produções. Não que seja um demérito das categorias principais de atuação, mas esta é uma soberania praticamente imbatível do Home Box Office. Por outro lado, Peter Dinklage é o ator com mais vitórias entre todo o elenco. Lena Headey, Emilia Clarke, Kit Harington, Maisie Williams, Diana Rigg, Max von Sydow e Nikolaj Coster-Waldau também receberam indicações por suas interpretações, e até agora Game of Thrones acumula um total de 132 indicações ao Emmy Awards.

Emmy 2018: Surpresas e esnobados da lista de indicações

A tendência, levando em consideração que em 2019 será exibida a temporada final de Game of Thrones (possivelmente um dos maiores eventos televisivos da década), é que a próxima vez que a série concorrer ao Emmy Awards (seja na 71ª ou na 72ª edição), chegue como franca favorita — não importa o que acontecer, esta história de Westeros está destinada a se consagrar como uma das produções mais importantes da TV.

Mas quando ela inevitavelmente chegar ao fim, não há muito o que temer para os executivos da HBO, pelo menos no que diz respeito a premiações. O canal foi campeão de indicações ao Emmy Awards por 17 anos consecutivos antes da atual 70ª edição. E estamos tratando aqui de uma emissora que nasceu em 1972 mas entrou no ramo das produções de dramas originais apenas em 1997, com Oz — antes disso, havia programas de variedade e comédias, mas o grande reconhecimento só veio após as séries dramáticas. São, portanto, 21 anos de uma carreira meteórica, e Game of Thrones é uma parte essencial desta trajetória, mas que tranquilamente deixará herdeiras após a sua despedida.

Emmy 2018: Netflix faz história e supera HBO em número de indicações

Apenas na segunda temporada, Westworld já é neste ano a segunda série mais indicada ao Emmy, com 21 nomeações (empatada com Saturday Night Live). No ano passado, sem Game of Thrones, foi a campeã de nomeações, com 22. A tendência natural é que ocupe o posto de galinha dos ovos de ouro da HBO. Ou galinha dos ovos de prata, já que Westeros não vai embora de verdade. Temos alguns spin-offs em desenvolvimento, e um deles provavelmente chegará às telinhas entre 2020 e 2021.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade