0

Emma Stone ganhou 7 kg de músculos para interpretar tenista

Atriz de La La Land interpreta a atleta Billie Jean King em longa-metragem no qual contracena com Steve Carell.

9 ago 2017
13h47
atualizado às 14h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Emma Watson teve pegar pesado para ganhar a forma física que seu papel como lenda do esporte em 'Battle Of The Sexes' exigia. Segundo uma entrevista do personal trainner Jason Walsh ao site Glamour, a rotina da atriz incluía dois treinos por dia, uma dia balanceada e exercícios não convencionais. O resultado? Ela ganhou aproximadamente 7 kg de massa muscular para viver a tenista Billie Jean King em 'Battle Of The Sexes', produção baseada em fatos reais que estreia no Brasil em outubro e conta com Steve Carell no elenco.

Emma Stone interpreta a tenista americana Billie Jean King em 'Battle Of The Sexes'
Emma Stone interpreta a tenista americana Billie Jean King em 'Battle Of The Sexes'
Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

A preparação para o papel em Battle Of The Sexes começou três meses após Watson dançar, cantar e atuar como a sonhadora Mia em La La Land: Cantando Estações, uma performance que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz.

"Ela virou uma marombeira", disse Walsh, aos risos, em sua entrevista sobre a transição de Stone. Ele afirmou que parte do treino de Stone incluia puxar um trenó de 90 kg. Levantamento de peso também fez parte da rotina de exercícios da atriz, que chegou a sustentar mais de 80 kg. "Emma era boa nisso, que é uma coisa difícil!", contou o treinador, que também trabalhou na preparação de Alison Brie para o papel de uma lutadora de wrestling para a série GLOW, da Netflix. "Todos os clientes que eu já tive, incluindo Emma, acharam os treinos musculares viciantes", garantiu.

Battle Of The Sexes conta com a direção de Valerie Faris e Jonathan Dayton, cineastas responsáveis por Pequena Miss Sunshine e Ruby Sparks - A Namorada Perfeita. O filme narra a antológica partida de tênis entre Billie Jean King e o ex-campeão Bobby Riggs (Carell), que ganhou uma ampla cobertura da imprensa antes de sua realização e deu o tom de debates sobre igualdade de gênero e feminismo. O filme será exibido no Festival de Toronto deste ano.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade