0

Adoro Cinema

Sony é processada por utilização indevida de música

AdoroCinema / AdoroCinema

Deborah, do T Rex, não estava disponível, segundo a acusação.

11 ago 2017
14h48
atualizado às 17h40
  • separator
  • comentários

Uma das críticas internacionais de Em Ritmo de Fuga declara que o filme "utiliza música como o resto de nós utiliza o ar". Certamente, grande parte do apelo da mais recente obra de Edgar Wright reside na estrutura narrativa criada pelo cineasta com base na fenomenal trilha sonora do longa — as incríveis cenas de perseguição não existiriam sem música. Entretanto, o conjunto de canções agora também representa uma dor de cabeça para os executivos da Sony. Segundo Rolan Feld, filho de Marc Bolan, o líder da banda T Rex, Em Ritmo de Fuga usa "Deborah", uma das músicas do grupo, de forma indevida (via The Wrap ).

O texto da acusação afirma que a Sony não negociou os direitos de adaptação com Feld, que clama ser o dono dos direitos autorais de "Deborah", e cessou as comunicações com o acusante. A produtora teria, então, inserido a música sem o consentimento de Feld. O conteúdo das demandas do acusante não foi divulgado. A Sony, por sua vez, ainda não emitiu nenhum comunicado oficial sobre o caso.

Ao lado de "Debra", do músico Beck, a canção do T Rex é muito importante para a introdução de Debora (Lily James) na trama. Ela é o interesse amoroso de Baby (Ansel Elgort) e se torna uma das principais motivações do rapaz para deixar a vida como piloto de fuga para trás. Coestrelado por Kevin Spacey, Jamie Foxx e Jon Hamm, Em Ritmo de Fuga está em cartaz nos cinemas brasileiros.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade