0

Doutor Sono é a maior estreia da semana

Parasita também é destaque.

7 nov 2019
09h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Sequência do clássico O Iluminado, Doutor Sono é a maior estreia dessa semana. Na infância, Danny Torrance (Ewan McGregor) conseguiu sobreviver a uma tentativa de homicídio por parte do pai, um escritor perturbado por espíritos malignos do Hotel Overlook. Danny cresceu e se tornou um adulto traumatizado e alcoólatra. Sem residência fixa, ele se estabelece em uma pequena cidade, onde consegue um emprego no hospital local. Mas a paz de Danny está com os dias contados a partir de quando cria um vínculo telepático com Abra, uma menina com poderes tão fortes quanto aqueles que bloqueia dentro de si.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

O segundo filme com maior circuito a chegar aos cinemas nesta semana é o suspense Sul-Coreano Parasita. Na trama, toda a família de Ki-taek (Kang-Ho Song) está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos.

Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.

Confira abaixo os trailers, críticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nesta semana.

Doutor Sono

"Tanto o filme quanto Danny buscam o passado como principal alento, mas essa revisita - apesar de bem elaborada esteticamente - soa mais como um eco desorientado que alcança a nostalgia, e não o coração de uma história que se ambienta nos dias atuais". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

Parasita

"O filme constrói uma bomba-relógio, acentuando as diferenças e as injustiças sociais até vê-las explodirem num clímax sangrento. Deste modo, representa de modo alegórico a luta de classes, as ideias de posse e de apropriação na era contemporânea". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

O Relatório

"Verborrágico ao extremo e tecnicamente correto, O Relatório apresenta e descarta potencialidades com uma facilidade impressionante, além de ter uma imensa dificuldade em estabelecer conexões entre os personagens além do factual". Leia a crítica completa.

Meu Amigo Fela

"Ressalvas à parte, Meu Amigo Fela obtém sucesso no elemento principal: inserir seu personagem dentro de um contexto político e social preciso, explicitando de que maneira e cultura e a arte servem para transformar uma realidade e formar novas gerações". Leia a crítica completa.

Cine São Paulo

"Cine São Paulo é bem-sucedido em suas pequenas metas, mas deixa a sensação agridoce de ter ignorado algo grandioso, tão evidente e disponível naquele local. Trata-se de algo que não descaracterizaria sua simplicidade, pelo contrário. Apenas a tornaria mais pungente". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

Retablo

"As camadas de Retablo muito se assemelham às camadas de um retábulo em si. Tudo é apresentado aos poucos, com paciência, e a profundidade é vista lentamente até que todo o cenário esteja pronto para ser libertado". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

Fernando

"Fernando é articulado através de longos planos-sequência, alguns deles em câmera estática, permitindo ao personagem se expressar livremente em associação com pessoas e atividades que lhe são importantes." Leia a crítica completa.

Cadê Você, Bernadette?

Leia a opinião da imprensa.

Bate Coração

Leia a opinião da imprensa.

Ventos da Liberdade

Leia a opinião da imprensa.

Link Perdido

Leia a opinião da imprensa.

Mamãe Coronel

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade