0

CCXP 2018: Peter Jackson conta como foi adaptar Máquinas Mortais para as telonas

O famoso cineasta participou da convenção, através de uma videoconferência, ao lado do supervisor de efeitos visuais Christian Rivers, que faz sua estreia na direção.

6 dez 2018
23h24
atualizado em 7/12/2018 às 12h19
  • separator
  • comentários

Peter Jackson conheceu Christian Rivers quando o segundo tinha apenas 15 anos, através de trocas de cartas. Desde então, o "aprendiz" fez parcerias criativas com seu mentor, como King Kong (que lhe rendeu um Oscar) e a franquia O Senhor dos Anéis. Agora chegou a vez do supervisor de efeitos visuais assumir a direção de um longa.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Adaptação do livro de Philip Reeve, Máquinas Mortais acompanha uma realidade pós-apocalítica, onde as pessoas vivem em cidades móveis, que se alimentam de outras menores para conseguirem recursos, após a Guerra dos Sessenta Minutos. Nesse contexto, surge a jornada da rebelde Hester Shaw (Hera Hilmar), em busca de vingança contra o cruel e poderoso Thaddeus Valentine (Hugo Weaving).

Com uma premissa dessas, o projeto garante um capricho nos efeitos especiais. Porém, Rivers disse que esse não é foco da história, durante uma transmissão online com Peter Jackson, durante painel na CCXP: "O grande desafio é sempre criar algo novo, que o público não tenha visto antes. Nossa tarefa é trazer personagens complexos, com fragilidades, que se tornam mais fortes ao longo da história.

Por sua vez, Jackson aproveitou a chance para explicar como sua produção deve se diferenciar da obra original: "Obviamente, existe uma mudança estrutural na adaptação, pois um romance não é igual à um longa. Mas o roteiro tem que ter aquilo que fez os fãs se apaixonarem pelo livro. Quais cenas marcantes ficaram na memória? É preciso manter a essência."

Ficou curioso? Máquinas Mortais chega aos cinemas em 10 de janeiro de 2019. Acompanhe a cobertura completa da CCXP nos nossos perfis oficiais, através da hashtag #AdoroCinemaNaCCXP.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade