2 eventos ao vivo

CCXP 2018: "Os monstros estão se espalhando", diz protagonista de Stranger Things sobre a terceira temporada

O painel da série no evento teve comoção com a presença de trio de atores mirins e revelou os títulos dos episódios previstos para a metade de 2019.

10 dez 2018
12h42
atualizado às 19h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Stranger Things é uma das séries de TV mais amadas e cultuadas pelo jovem público brasileiro, e essa comoção ficou óbvia no último painel realizado pela Netflix na Comic-Con Experience 2018, na noite de domingo (9).

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Aliás, "comoção" não descreve com precisão o clima da apresentação que encerrou a CCXP. A gritaria do público diante da entrada no palco de Noah Schnapp (Will), Caleb McLaughlin (Lucas) e Sadie Sink (Max) parecia algo destinado a um grupo de música pop coreana ou coisa do tipo. Em certos momentos mais ensurdecedores, foi impossível compreender o que saia das bocas dos três atores mirins, visivelmente mais crescidos do que quando os vimos na segunda fase do seriado, Stranger Things 2, lançada em outubro do ano passado no serviço de streaming.

Aos 14 anos e beirando os 1,70 m, Noah Schnapp já pouco lembra o pequeno e frágil Will, o menino azarado que desaparece no Mundo Invertido e sofre nos tentáculos do Demogorgon ao longo as duas temporadas. Caleb, aos 17, está bem mais esticado e dá sinais de que a voz já engrossou. Sadie, 16 anos, de vestido e cabelos esvoaçantes, em quase nada lembra a travessa skatista Max.


Caleb McLaughlin, Sadie Sink e Noah Schnapp no evento da Netflix nesta segunda (10). (Divulgação/Netflix)

Descontraída, a garota comparou participar de Stranger Things a "uma máquina do tempo", já que nenhum dos protagonistas do seriado pôde de fato experimentar a vida nos anos 1980. "Estar no set de filmagens é como viver naquela década", emendou Noah. "E a vibe dos anos 80 é incrível."

Sadie ponderou: "As situações que aparecem na série não seriam possíveis hoje em dia. Por isso é crucial que ela se passe nos anos 80."

"E hoje em dia eles já teriam encontrado o Will por causa do GPS do celular", brincou Caleb.


Convidados a escolherem suas cenas favoritas da série, Noah citou a sequência do exorcismo de Will, um dos picos dramáticos do episódio final da segunda temporada, destacando o prazer de atuar com Winona Ryder, que interpreta sua mãe na série. "Quando se trabalha ao lado de grandes atores, você aprende muito. Por isso foi tão bom gravar com a Winona", falou.

Ao final do bate-papo de 25 minutos (que incluíram uma demonstração das habilidades de Caleb como dançarino), os três anunciaram uma novidade inédita aos fãs: a exibição de um curto teaser que revelou os nomes dos episódios da terceira temporada, que estreia em algum momento de 2019, além da época em que a trama vai se desenrolar - "Verão de 1985", o que leva a crer que a estreia de Stranger Things 3 deve acontecer por volta do mês de julho.

Estes são os nomes dos oito episódios, na ordem em que aparecem no teaser: "Está Me Ouvindo, Susie?", "O Caso dos Ratos", "O Salva-Vidas Desaparecido", "A Prova da Sauna", "A Fonte", "O Aniversário", "A Mordida" e "A Batalha de Starcourt".

Assista abaixo.

Já na manhã desta segunda (10), o jovem trio de Stranger Things novamente voltou aos holofotes para uma entrevista coletiva para a imprensa, e além de repetir as declarações da noite anterior, ofereceu pistas sobre o que podemos esperar do terceiro ano da série.

"Na terceira temporada vai surgir uma outra personagem feminina forte", prometeu Sadie Sink, referindo-se a uma nova atriz ainda não anunciada pela Netflix. Já Noah Schnapp deu uma declaração enigmática sobre as ameaças que o grupo de garotos irá enfrentar ao longo dos oito futuros episódios.

"Os monstros estão se espalhando para a terceira temporada. Espalhar [spread] é uma palavra chave para o nosso programa. Guardem isso."

Noah aproveitou a ocasião para confirmar a indiscutível afinidade de Stranger Things com o público brasileiro. "Estou muito feliz de estar no Brasil", ele falou. "A comida é muito boa. E vocês são muito particulares de um jeito bom. Adoraria estar mais cercado de gente como vocês."


*Com reportagem adicional de Fernanda Pineda.

 

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade