1 evento ao vivo

CCXP 2018: Ao som de orquestra, Maisie Williams celebra o sucesso de Game of Thrones

Intérprete de Samwell, John Bradley e os criadores David Benioff e D. B. Weiss também participaram do painel.

7 dez 2018
12h19
  • separator
  • comentários

Normalmente, o primeiro dia de qualquer convenção tende a ser mais tranquila. Afinal, ainda não é fim de semana e o clima só está esquentando... Mas esse não foi o caso da Comic-Con Experience 2018. E o motivo disso tem três palavras: Game of Thrones.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Milhares de fãs gritaram com as visitas de Maisie Williams (Arya Stark), John Bradley (Samwell Tarly) e os produtores David Benioff e D. B. Weiss ao Brasil, para um bate-papo na quinta-feira (06/12). E a HBO conhece o público com o qual está lidando. O painel começou com uma orquestra tocando a icônica canção de abertura de GoT - e você achando que aquela versão samba seria a mais surpreendente que ia ouvir na vida.

Infelizmente, não foram reveladas informações concretas sobre a temporada final (além de um teaser conceitual), pois segredo é a alma do negócio. Porém, Maisie acabou "soltando" um pequeno spoiler do que vem por aí: Arya irá matar mais pessoas nos últimos episódios.

De resto, o painel foi um singelo bate-papo entre o quarteto, num clima que não foi abalado nem por problemas técnicos ou pelos fortes gritos soltados fora do auditório. Eles não deixaram de citar as trágicas reviravoltas do show, que deixam fãs xingando muito pela internet afora — mas criam boa televisão. Benioff e Weiss lembraram como era interessante ter um vilão como Joffrey, principalmente com um ator do calibre de Jack Gleeson, que era completamente o oposto de seu personagem, mas precisava fazer coisas terríveis nas telinhas.

Os criadores ainda aproveitaram para elogiar o trabalho dos atores presentes, citando como John brilhou tanto que ganhou seu próprio arco longe de Jon Snow (Kit Harington); e relembrando uma cena cortada do piloto, onde Maisie conseguiu fazer tudo em apenas uma tomada, aos 12 anos de idade. Por sua vez, Bradley aproveitou para celebrar como é raro fazer parte de um projeto desses: "Normalmente, só reparamos como algo era precioso quando acaba. Mas lá estava eu na terceira temporada, numa locação longe do mundo moderno, cercado por grandes amigos que fiz, me sentindo completamente sortudo.

Já Maisie encerrou tal pensamento com uma bela frase: "As estrelas se alinharam para Game of Thrones e nos transformaram naquilo que somos hoje". A oitava temporada estreia em abril de 2019. Acompanhe a cobertura completa da CCXP nos nossos perfis oficiais, através da hashtag #AdoroCinemaNaCCXP.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade