0

As diferentes retratações de Hitler no cinema

De Bruno Ganz a Taika Waititi: a realidade, a ficção e o restante.

11 fev 2020
18h01
atualizado às 18h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Figuras e temáticas delicadas são provavelmente alguns dos desafios de abordagem mais difíceis para qualquer realizador que deseje construir uma obra através de suas entrelinhas. Estejamos falando do Holocausto ou da própria imagem de Adolf Hitler em si, o fato é que tão difícil quanto dar a direção certa para sua retratação é conseguir encarnar em sua pele no tom mais concreto para a narrativa.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Recentemente Taika Waititi, por exemplo, conquistou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado no Oscar mostrando Hitler como o amigo imaginário de um garoto de 10 anos que possui obsessão em se tornar um soldado nazista — até que descobre uma judia escondida em sua casa. O próprio Taika interpretou Adolf na comédia ácida com tons dramáticos, e mostrou que ainda é possível oferecer uma perspectiva diferente de um período desastroso da história mundial. 

Com este ponto de partida, o AdoroCinema separou uma lista mostrando algumas das mais variadas performances de Hitler, evidenciando principalmente como um mesmo assunto (assim como uma mesma figura) pode render os tipos mais diferentes de resultados. Vamos lá!

ELE ESTÁ DE VOLTA (OLIVER MASUCCI)

Antes mesmo de fazer sucesso como UIrich na série Dark, Oliver Masucci interpretou Hitler da maneira categórica, especialmente por seu contexto diferenciado. Na trama, o falecido Adolf acorda no ano de 2011 sem fazer a menor ideia do que aconteceu e inesperadamente (ou não) começa a fazer sucesso entre os cidadãos alemães. Tudo começa a escalonar de uma maneira tão bizarra, que rapidamente ele recria uma legião de fãs que, mesmo não acreditando que Hitler seja quem diz ser, apoiam suas ideias. 

A QUEDA! AS ÚLTIMAS HORAS DE HITLER (BRUNO GANZ)

Possivelmente uma das representações mais famosas de Adolph Hitler até hoje, A Queda! mostra um retrato muito bem estruturado e fidedigno do Führer da Alemanha Nazista, interpretado por Bruno Ganz. Uma das cenas mais famosas do longa mostra o político discutindo com seus subordinados dentro de seu bunker, quando percebe que a derrota da Alemanha na guerra era inevitavél. Mesmo tendo sido lançado em 2004, o filme reverberou mais na internet após 2010.

BASTARDOS INGLÓRIOS (MARTIN WUTTKE)

É um pouco difícil explicar, sem dar spoilers, sobre a razão pela qual Hitler possui uma aparição muito mais peculiar neste filme do que na maior parte dos outros da lista. Se você já assistiu ao filme de Quentin Tarantino, certamente sabe como o Adolf de Martin Wuttke acaba passando por algumas situações um tanto inesperadas ao longo da produção. O filme é estrelado ainda por Brad PittChristoph Waltz e mostra um grupo sanguinário e violento que caça nazistas. Gostamos. 

OPERAÇÃO VALQUÍRIA (DAVID BAMBER)

Trazendo um enredo muito mais palpável e próximo dos fatos ocorridos na realidade, Operação Valquíria conta com David Bamber interpretando Hitler em antagonismo ao Coronel Claus von Stauffenberg, que após ser reconhecido como um dos membros mais honrados do exército alemão, começa a bolar um plano para destituir o Führer do poder — de preferência, matando-o. O projeto é uma história real e, apesar da falha tentativa (como a história ensinou), Claus foi um dos maiores responsáveis pela queda de Adolf.

MAX (NOAH TAYLOR)

Poucos são os filmes que costumam retratar a juventudade de Hitler de forma diferente das versões praticamente documentais. No entanto, Max é narrado pela perspectiva do negociador de arte Max Rothman (John Cusack), que fica encantado pelas obras pintadas pelo jovem Hitler (Noah Taylor), um aspirante a pintor que possui um gênio forte e personalidade peculiar. O longa mostra como o crescimento emocional de Adolf foi complexo e precedeu a figura que todos nós já conhecemos hoje.

O RENASCIMENTO DA FUSÃO: GOKU E VEGETA

Se existe alguma coisa que você provavelmente não esperava encontrar nesta lista, um filme de Dragon Ball Z certamente é uma delas. Neste caso, Hitler é retratado simplesmente como "O Ditador", visto que uma associação mais direta em um filme infanto-juvenil de animação poderia ser considerada muito pesada. Mesmo com um bigode característico, um adereço muito parecido com a suástica e um jeito imponente. De qualquer forma, ele acaba sendo dizimado rapidamente. 

JOJO RABBIT (TAIKA WAITITI)

Em Jojo Rabbit, conforme já dito, Taika Waititi aparece como o amigo imaginário do pequeno Jojo, uma criança que tem o sonho de um dia realizar grandes lutas pelo exército nazistas. No entanto, quando o rapaz descobre que sua mãe (Scarlett Johansson) está abrigando uma menina nazista, sua vida parece sofrer um baque ao avesso. 

Veja também:

 

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade