1 evento ao vivo

Aquilo que Sobra: Drama brasileiro será exibido no Festival de Documentários de Copenhague

Isabél Zuaa é a estrela do filme, que será exibido no CPH:DOX.

12 mar 2018
11h42
atualizado às 12h00
  • separator
  • comentários

Aquilo que Sobra, primeiro filme do realizador e filósofo Humberto Giancristofaro, será exibido no CPH:DOX, Festival Internacional de Documentários de Copenhague. Mesmo sendo uma ficção livremente adaptada do romance A Montanha Mágica, de Thomas Mann, a produção independente estrelada pela portuguesa Isabél Zuaa (As Boas Maneiras, Joaquim) fará sua estreia mundial na Dinamarca.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Participando da mostra competitiva Next Wave e sendo divulgado pelo festival dinamarquês como "um dos filmes mais estranhos e cabeça aberta do ano", o longa gira em torno de Clavdia Chauchat (Zuaa). Em seus últimos dias num sanatório para tratar doenças respiratórias, ela se despede de Hans Castorp (Vicente Coelho) e toma consciência de um amor escondido. A obra mostra os dois se encontrando em diferentes espaços-temporais, sempre confrontando seus afetos.


Isabél Zuaa no filme Aquilo que Sobra.

"Apostamos numa linguagem pouco usual com uma narrativa borderline entre performance e ficção; o real, a memória e o onírico. Apesar disso, a maior coragem que percebemos nesse projeto, foi a de fazer um filme que se arrisca num modelo diferente de realização. Se Aquilo que Sobra pôde contar com o olhar generoso do CPH:DOX em convidá-lo para a mostra competitiva, foi pela forma coletiva e cooperativa pela qual o filme foi feito", expressou Giancristofaro - que dirigiu e escreveu programas de TV como Big Brother Brasil, Deu Match e Catfish Brasil.

Aquilo que Sobra tem previsão de estrear no Brasil em dezembro de 2018. O CPH:DOX acontece de 15 a 25 de março.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade