1 evento ao vivo

Amazon está 'repensando' séries em coprodução com a Weinstein Company

Os projetos podem sair da TWC.

11 out 2017
16h47
  • separator
  • comentários

Em meio à repercussão das denúncias de assédio envolvendo Harvey Weinstein, a Amazon decidiu "repensar" as séries que tem em coprodução com a The Weinstein Company.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

De acordo com o The Hollywood Reporter, as séries em questão são The Romanoffs, nova produção antológica de Matt Weiner, e o drama de David O. Russell ainda sem título, que terá Robert De Niro e Julianne Moore como protagonistas. Ambas contariam com o investimento da Weinstein Company, e consequentemente os nomes da diretoria nos créditos de produção, mas os estúdios da Amazon não receberam o dinheiro de financiamento para nenhuma das duas.

The Romanoffs já está em produção, e o orçamento da primeira temporada bate em US$ 75 milhões. Tudo indica que as filmagens caminham pacifiamente, mas a equipe de Weiner teria requerido à Amazon que o nome de Weinstein seja retirado dos créditos de produção.

Matt Weiner sente tanta falta de Mad Men que decidiu reunir um time de veteramos na produção de The Romanoffs

Já a série de David O. Russell, orçada em aproximadamente US$ 160 milhões com duas temporadas, já custou à Amazon US$ 40 milhões com apenas os primeiros roteiros entregues. Fontes do THR afirmam que a Weinstein Company não teria acesso a nenhuma decisão criativa, mas a TWC estava envolvida com a série desde o início.

Segundo afirmou o vice-presidente de comunicações da Amazon Entertainment, Craig Berman, a Amazon está procurando outras opções para as duas séries de forma a não afetar o ritmo das filmagens ou o próprio relacionamento com os talentos envolvidos. Recentemente, a Apple também descartou a série biográfica de Elvis Presley, que faria parte de um acordo maior junto à Weinstein Company.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade