5 eventos ao vivo
Logo do Carnaval do Rio de Janeiro
Foto: Alessandro Buzas / Futura Press

Carnaval do Rio de Janeiro

Orquestra Voadora arrasta multidão pelo Aterro do Flamengo

28 fev 2017
18h56
  • separator
  • comentários

Formada em 2008, a partir do encontro de músicos do Carnaval de rua do Rio, o bloco Orquestra Voadora desfila nesta terça-feira (28), à tarde, no Aterro do Flamengo, arrastando dezenas  de milhares de foliões em seu cortejo, segundo os organizadores e a Empresa de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur).

Concentração do bloco Orquestra Voadora no Aterro do Flamengo, Rio, Carnaval 2017
Concentração do bloco Orquestra Voadora no Aterro do Flamengo, Rio, Carnaval 2017
Foto: Agência Brasil

O grupo se destaca por tocar, com o seu formato de fanfarra, uma inusitada mistura de ritmos do Brasil e do mundo, como, afrobeat, maracatu, rock, funk, jazz, samba e reggae. O bloco conta atualmente com quase 500 integrantes, entre músicos, acrobatas, pernas-de-pau e equipe técnica.

O músico Leonardo Campos, que toca trombone na Orquestra Voadora, está em seu nono carnaval no bloco. "Nosso repertório tem música de todo tipo. A diferença é o jeito que a gente toca, com vigor, energia e arranjos diferentes", disse.

O Orquestra Voadora arrasta dezenas de milhares de pessoas na sua folia
O Orquestra Voadora arrasta dezenas de milhares de pessoas na sua folia
Foto: Agência Brasil

O ator Ricardo Gadelha, um dos 110 pernaltas que participam do cortejo, conta que a preparação foi feita nos ensaios do bloco. "A gente treinou com a perna de pau tendo como pano de fundo o repertório da orquestra. Tem um momento em que todo mundo desce da perna de pau. Em outro, abre-se uma roda e começam duetos, tem momentos de baile, de marcha. São diferentes momentos como se fosse uma dramaturgia de atos, de procissão. Não é uma coreografia amarrada", disse.

A foliã Ednéia de Souza diz que sempre acompanha o desfile e os ensaios da Orquestra Voadora já que mora próximo do Aterro do Flamengo. "O que mais me atrai é a variedade de talentos e de ritmos: é um circo no asfalto. É muito bonito, bem organizado, um bloco seguro", explicou.

Veja também:

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade