4 eventos ao vivo
Logo do Carnaval
Foto: Alessandro Buzas / Futura Press

Carnaval

Presidente da Mangueira evita comparações com campeãs do Rio

Assim como Beija-Flor e Paraíso do Tuiuti, escola Verde e Rosa também adotou tom crítico no desfile deste ano

16 fev 2018
23h40
atualizado em 17/2/2018 às 16h52
  • separator
  • comentários

A Mangueira também levou à Marques de Sapucaí um desfile em tom crítico, ao destacar a diminuição na verba da prefeitura do Rio de Janeiro ao Carnaval, atacando diretamente o prefeito Marcelo Crivella, ao entoar o samba-enredo: "Com dinheiro ou sem dinheiro eu brinco". Mesmo assim, ficou em quinto lugar; atrás de Beija-Flor, Paraíso do Tuiuti, Salgueiro e Portela. As duas primeiras também tiveram sambas em forma de protesto.

Neste ano, a Mangueira levou à Avenida o samba-enredo: "Com dinheiro ou sem dinheiro eu brinco"
Neste ano, a Mangueira levou à Avenida o samba-enredo: "Com dinheiro ou sem dinheiro eu brinco"
Foto: REUTERS/Pilar Olivares

Presidente da agremiação Verde e Rosa, Francisco de Carvalho, o "Chiquinho da Mangueira", evita comparações. "Não assisti à Beija-Flor. Foi uma ótima surpresa para bem do carnaval o Tuiuti também. Depende do momento a abordagem crítica. Acho que ano que vem pode ser igual ou pode ser diferente. Nós fizemos um enredo em resposta à falta de consideração de um prefeito da cidade que tem o maior espetáculo do mundo e o fato dele desvalorizar esse espetáculo de uma maneira arrogante. Nos avisou no final de agosto que iria nos cortar a verba, quando as escolas já haviam preparado seus planejamentos", destacou. A Mangueira estará no desfile das campeãs, neste sábado, a partir das 21h15.

Fonte: ED

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade