0

Vai Quem Quer diminui de tamanho para manter tradição em SP

2 mar 2014
23h30
atualizado às 23h38
  • separator
  • comentários

Cerca de uma hora depois da missa terminar na igreja de Nossa Senhora da Conceição, no bairro de Pinheiros em São Paulo, na noite deste domingo os foliões marcharam pelas ruas, no tradicional bloco Vai Quem Quer, que neste ano encolheu para manter a identidade.

Folionas fazem a festa em pinheiros após cantarem no metrô
Folionas fazem a festa em pinheiros após cantarem no metrô
Foto: Alan Morici / Terra

Confira a Previsão do Tempo para São Paulo no Carnaval

“São 33 anos de bloco e ano passado saímos com mais de 5 mil pessoas, as pessoas já não se encontravam mais, alguns nem sabiam o que era... parecia uma micareta”, explica um dos organizadores do bloco Gabriel Di Pierror, ao explicar os motivos que os fizeram diminuir o tamanho.

O romance estava no ar mesmo entre os fantasiados
O romance estava no ar mesmo entre os fantasiados
Foto: Alan Morici / Terra

“A proposta é sair com a banda no chão, tocando marchinhas, e com o que temos só damos conta de no máximo umas duas mil pessoas, mais que isso precisaríamos de um trio elétrico”, explica Di Pierror, defendendo que São Paulo tenha mais blocos para atender a demanda que ter crescido nos últimos anos.

Para Luís Pereira, que saiu no bloco há alguns anos, a ideia de enxugar o público foi muito boa, porque promove encontros, como o que ele vivia na noite de domingo de Carnaval com Ligia Lima.

“É ótimo, porque se não fosse assim eu não teria encontrado a Ligia”, dizia ao lado da moça. “É muito bom porque é um pessoal na mesma vibração, curtindo as marchinhas”, completava a jovem ao seu lado.

Até quem teve a primeira experiência com o bloco curtia a folia mais tradicional pelas ruas de Pinheiros. “´Gostei porque sai de noite. Eles são muito profissionais, tem um iPad com as partituras das marchinhas, achei bem legal”, conta Luiza Bolba, natural de Porto Alegre, que passa seu primeiro Carnaval em terras paulistanas.

A igreja de Nossa Senhora da Conceição foi o ponto de partida, logo depois da missa
A igreja de Nossa Senhora da Conceição foi o ponto de partida, logo depois da missa
Foto: Alan Morici / Terra

O clima no bloco era de pura descontração, bom humor e com uma vibração familiar, já que algumas crianças participavam da folia nos ombros dos pais. 

 

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/" data-cke-592-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/" href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade