PUBLICIDADE

Torre Eiffel é reaberta ao público depois de quase 9 meses

Fechamento foi o mais longo desde a Segunda Guerra Mundial; capacidade de visitação foi reduzida pela metade

16 jul 2021 10h34
| atualizado às 12h53
ver comentários
Publicidade

Após oito meses e meio, a Torre Eiffel reabriu para receber turistas e moradores nesta sexta-feira (16). O fechamento por conta da pandemia de covid-19 é o mais longo desde a Segunda Guerra Mundial.

A "Dama de Ferro", porém, continua com algumas restrições para evitar grandes aglomerações. A capacidade de pessoas que podem visitá-la foi reduzida pela metade e 13 mil poderão entrar no monumento por dia. Além disso, o uso de máscara de proteção facial é obrigatório.

A partir do dia 21 de julho, nova mudança: só poderá entrar na Torre Eiffel quem apresentar o chamado "passaporte sanitário", ou seja, terá que mostrar que se vacinou contra a covid-19, que tem um teste negativo recente para a doença ou que se curou da covid.

O fechamento, de acordo com dados a Prefeitura de Paris, provocou danos financeiros de cerca de 120 milhões de euros. No entanto, desde que foi reaberta a possibilidade de agendar a visita, mais de 70 mil pessoas compraram ingressos. .
 

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade