2 eventos ao vivo

Quem são as atrizes que acusam Harvey Weinstein de assédio - e até estupro

Denúncias envolvendo o megaprodutor de Hollywood vieram à tona na última semana; segundo os relatos, o medo de terem suas carreiras arruinadas pelo poder que Weinstein tinha sobre a indústria do cinema fez com que atrizes se calassem por muito tempo.

12 out 2017
21h08
atualizado às 23h02
  • separator
  • comentários

Desde a última semana, quando as primeiras acusações contra o poderoso produtor americano Harvey Weinstein foram divulgadas pelo jornal The New York Times, os relatos não pararam de se multiplicar.

Atrizes, modelos e funcionárias que passaram pelas produtoras Miramax e The Weinstein Company vêm denunciando casos de assédio sexual, incluindo estupro, atribuídos ao empresário. Os relatos dão conta de um histórico de abusos ocorridos no decorrer das últimas três décadas, e que tinham como alvo mulheres jovens que almejavam uma carreira na indústria cinematográfica.

Atrizes vítimas de Weinstein
Atrizes vítimas de Weinstein
Foto: BBCBrasil.com

Entre os nomes, estão atrizes como Ashley Judd, Jessica Barth, Katherine Kendall, Rose McGowan, Florence Darel, Judith Godreche e Emma de Caunes, e outras que acabaram desistindo da profissão, como Dawn Denning e Tomi-Ann Roberts. Megaestrelas como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Cara Delevingne e Lea Seydoux também vieram a público com histórias similares.

Lauren Sivan, uma âncora de TV, afirmou que o produtor a encurralou em uma área vazia de um restaurante de Nova York em 2007 e se masturbou na frente dela. Funcionárias da produtora de Weinstein, como Emily Nestor, contaram ter tido de recusar suas investidas "pelo menos uma dúzia de vezes".

Os relatos retratam um dos produtores mais poderosos da indústria do cinema como sendo um homem que usava seu poder para avançar sexualmente contra mulheres jovens, muitas vezes com o apoio de sua equipe, e para mantê-las caladas sobre os episódios.

Após as revelações, Weinstein foi demitido de sua produtora e admitiu que seu comportamento "causou muita dor", mas descreveu muitas das acusações contra ele como "falsas". Seus porta-vozes negaram "quaisquer alegações de sexo não consensual" e que "nunca houve atos de retaliação" contra as mulheres que o denunciaram.

Confira quem são algumas das mulheres que trouxeram relatos à tona - e o que elas contam.

Cara Delevingne

Em uma postagem recente no Instagram, a modelo e atriz Cara Delevingne escreveu sobre como se sentiu desconfortável em um encontro com Weinstein em um quarto de hotel - e descreve o que teria acontecido quando ela disse que queria sair dali.

Cara Delevingne
Cara Delevingne
Foto: BBCBrasil.com

"Ee me levou até a porta e ficou na frente dela. Tentou beijar minha boca. Eu o impedi e consegui sair do quarto", contou.

"Eu consegui o papel para aquele filme e sempre fiquei imaginando que ele teria me deixado consegui-lo por causa do que aconteceu. E desde então eu passei a me sentir mal por ter feito aquele filme. Senti como se não merecesse o papel. Fiquei com medo de falar sobre isso, não queria magoar a família dele", escreveu na mensagem.

Lea Seydoux

A atriz francesa Lea Seydoux escreveu um artigo no jornal inglês The Guardian detalhando sua experiência com Weinstein, quem conheceu em um desfile de moda.

Lea Seydoux
Lea Seydoux
Foto: BBCBrasil.com

No texto, ela conta o que ocorreu quando ele a convidou para ir até seu quarto de hotel tomar um drinque.

"Nós estávamos conversando no sofá quando, de repente, ele pulou em cima de mim e tentou me beijar", descreveu.

"Eu tive que me defender. Ele é grande e gordo, então tive que usar a força para afastá-lo. Saí do quarto morrendo de nojo."

"Eu não estava com medo dele. Porque o conhecia e sabia que tipo de homem ele era."

Gwyneth Paltrow

Em uma declaração ao The New York Times, Paltrow disse que, depois de ter sido selecionada por Weinstein para ser protagonista da adaptação do clássico romance de Jane Austen, Emma , em 1996, foi "intimada" a ir até o quarto de hotel dele.

Gwyneth Paltrow
Gwyneth Paltrow
Foto: BBCBrasil.com

Lá, afirmou, o produtor colocou as mãos no corpo dela e sugeriu uma massagem. A atriz tinha 22 anos à época.

"Eu era uma criança. Fiquei sem ação", contou ela ao jornal.

Paltrow disse que rejeitou os avanços de Weinstein e relatou o episódio a Brad Pitt, seu namorado na época, que tirar satisfações com o produtor - por meio de representantes, confirmou o ocorrido.

"Eu achei que ele iria me demitir", afirmou.

Angelina Jolie

Jolie contou ter rejeitado avanços do produtor ocorridos em um quarto de hotel durante o lançamento do filme Corações Apaixonados , em 1998.

Angelina Jolie
Angelina Jolie
Foto: BBCBrasil.com

Ela deu uma declaração por email ao New York Times.

"Tive uma experiência ruim com Harvey Weinstein na minha juventude e, por causa disso, escolhi não trabalhar mais com ele e alertar as mulheres que trabalhavam para sua produtora. Esse comportamento com as mulheres, em qualquer área, é inaceitável."

Ashley Judd

Ashley Judd disse ao New York Times que foi convidada para conhecer Weinstein em um hotel e que esperava tratar-se de um café da manhã de negócios.

Ashley Judd
Ashley Judd
Foto: BBCBrasil.com

Mas não foi bem isso que aconteceu, afirmou. Quando chegou, Weinstein teria pedido que ela subisse até seu quarto e apareceu de toalha de banho, pedindo que atriz lhe fizesse uma massagem.

Quando a atriz recusou, o produtor sugeriu que ela o assistisse tomar banho, contou. "Eu neguei diversas vezes, de diversas formas, e ele sempre vinha de novo com algum novo convite."

Rose McGowan

Segundo o New York Times, em 1997, Weinstein chegou a um "acordo" com Rose McGowan depois de um episódio que teria acontecido em um quarto de hotel durante o Festival de Sundance.

Rose McGowan
Rose McGowan
Foto: BBCBrasil.com

O acordo, de US$ 100 mil, não foi construído como uma "admissão" dos atos pelo produtor, mas tinha como objetivo "evitar litígios e comprar a paz", segundo o documento, ao qual o jornal teve acesso.

Naquela época, McGowan tinha 23 anos e tinha acabado de estrear na série de TV Scream .

Em uma entrevista a um repórter de Hollywood, ela pediu para que Weinstein deixasse o cargo e fez um apelo para que "outros homens impedissem os homens quando eles agissem de forma nojenta".

"Os homens de Hollywood precisam mudar o mais rápido possível", afirmou. "O poder de Hollywood está morrendo porque a sociedade mudou e evoluiu, mas o comportamento dos homens de Hollywood não."

Heather Graham

A atriz de Boogie Nights disse à revista Variety que Weinstein a abordou no início dos anos 2000 - ela havia o conhecido para tentar um papel em um de seus filmes.

Heather Graham
Heather Graham
Foto: BBCBrasil.com

Graham contou que o produtor tentou forçá-la a fazer sexo com ele e que disse que sua esposa "não se importaria".

"Ele disse que podia dormir com quem quisesse quando estava fora da cidade. Eu saí daquela reunião me sentindo mal."

"Não houve nenhuma menção explícita de que para ser a estrela de um daqueles filmes eu teria que dormir com ele. Mas estava subentendido."

Zoe Brock

A modelo e atriz Zoe Brock conta que ela foi levada sob falsos pretextos ao quarto de Weinstein em um hotel no sul da França, em 1997.

Zoe Brock
Zoe Brock
Foto: BBCBrasil.com

Ele apareceu nu e pediu a ela uma massagem, conforme a atriz relatou a um programa de rádio da BBC.

"Eu disse que não queria fazer aquilo e ele me perguntou se podia, então, fazer uma massagem em mim. Eu não sabia o que fazer e senti que se deixasse ele me tocar um pouco talvez eu conseguisse acalmá-lo para conseguir sair de lá de alguma forma."

Pouco tempo, depois, ela teria se trancado no banheiro.

Asia Argento

A atriz italiana e diretora Asia Argento passou a trabalhar com a então empresa de Weinstein, a Miramax, quando ela protagonizou o suspense B Monkey .

Asia Argento
Asia Argento
Foto: BBCBrasil.com

Ela conta que, após ser convidada para uma festa da produtora que não existia, foi deixada sozinha com ele em um quarto de hotel.

Argento disse que relutou até concordar em fazer uma massagem nele, mas depois disso o produtor a estuprou.

"Weinstein me dava medo. Ele não parava. Foi um pesadelo."

"Eu sabia que ele tinha destruído outras pessoas já. Por isso essa história, no meu caso, tem mais de 20 anos, outras são mais antigas. Por isso elas nunca vieram à tona", afirmou.

Argento disse que temia que ele pudesse arruinar sua carreira, e por isso não havia revelado nada até agora.

Lucia Stoller

Ela conheceu Weinstein em 2004, em uma casa noturna em Nova York, quando ainda era aspirante a atriz.

Stoller afirma que foi forçada ao ato sexual após de ter ido ao escritório dele para uma reunião de elenco.

"O tipo de controle que ele exercia era muito real. Só a presença dele era intimidadora", afirmou à revista New Yorker.

Mira Sorvino

Mira Sorvino apareceu em vários filmes de Weinstein e disse à New Yorker que ele tentou forçá-la a ter relações sexuais.

Mira Sorvino
Mira Sorvino
Foto: BBCBrasil.com

Segundo a atriz, o episódio ocorreu em um quarto de hotel durante o Festival de Toronto de 1995, evento no qual ela promovia o filme Poderosa Afrodite - pelo qual veio a ganhar um Oscar depois.

"Ele começou a massagear meus ombros, o que me fez ficar muito desconfortável. Depois tentou ficar mais perto, ficou me perseguindo", contou.

Semanas depois, ela disse que Weinstein apareceu em seu apartamento com a desculpa de pensar em ideias de divulgação e marketing para o filme.

"Eu abri a porta aterrorizada, colocando meu chihuahua na minha frente."

Sorvino relatou ter dito ao produtor que seu novo namorado estava para chegar, o que com que ele fosse embora.

Louisette Geiss

A atriz e produtora diz ter sido atacada por Weinstein durante o Festival de Suncande de 2008.

Segundo ela, o produtor a convidou para uma reunião em um hotel sobre um roteiro que Geiss havia escrito.

Louisette Geiss
Louisette Geiss
Foto: BBCBrasil.com

Meia hora depois do início da reunião, Weinstein teria ido ao banheiro e voltado com um roupão aberto na parte da frente.

Geiss conta que ele insistiu em continuar ouvindo o roteiro dela - só que dentro de sua banheira de hidromassagem. Depois, teria pedido que ela ficasse o vendo se masturbar.

A atriz relata que, quando afirmou que iria embora, o produtor segurou seu braço, a empurrou para a banheira e disse que poderia aprovar seu roteiro - mas se ela ficasse vendo ele se masturbar.

"Eu estava prestes a chorar, mas me recompus e saí dali rápido."

Roseanna Arquette

A atriz contou que rejeitou as investidas de Weinstein e que acredita ter tido sua carreira prejudicada por isso.

Roseanna Arquette
Roseanna Arquette
Foto: BBCBrasil.com

Ao New York Times, ela disse que no início dos anos 1990 Weinstein a pediu que passasse no Hotel Beverly Hills para pegar o roteiro de um papel.

Ela afirmou ter sido levada ao quarto do produtor, que apareceu de roupão pedindo uma massagem. Arquette contou que, quando se recusou a fazê-lo, ele pegou sua mão e colocou em sua virilha.

BBCBrasil.com BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade