PUBLICIDADE

Porto Alegre declara Orquestra Villa-Lobos como Patrimônio Cultural Imaterial

Projeto de Lei reconhece importância cultural e social da Orquestra Villa-Lobos de Porto Alegre.

21 jun 2024 - 14h51
Compartilhar
Exibir comentários

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou nesta quarta-feira, 19 de junho, um projeto de lei que declara a Orquestra Villa-Lobos como patrimônio cultural imaterial do município. A iniciativa, proposta pelo vereador Aldacir Oliboni (PT), destaca a relevância da orquestra, sediada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Heitor Villa-Lobos.

Foto: Imagem Ilustrativa / Ivo Gonçalves / PMPA / Porto Alegre 24 horas

A Orquestra Villa-Lobos é um programa de educação musical com 30 anos de história, oferecendo oportunidades artísticas a crianças e jovens da Lomba do Pinheiro, periferia de Porto Alegre. O projeto visa proporcionar conhecimento musical e experiências coletivas, contribuindo para a transformação social da comunidade.

Desenvolvido em parceria com o Centro de Promoção da Criança e do Adolescente São Francisco de Assis, o programa realiza mais de 300 atendimentos semanais gratuitos em seis locais diferentes da comunidade. As atividades incluem oficinas que vão desde a musicalização infantil até a formação de músicos e educadores musicais, com o grupo principal composto por 30 integrantes.

Segundo o vereador Oliboni, a declaração da Orquestra Villa-Lobos como patrimônio cultural imaterial reconhece a importância de iniciativas que promovem educação musical e inclusão social, valorizando a cultura e oferecendo um caminho de desenvolvimento para jovens em situação de vulnerabilidade.

Com a informação Câmara Municipal de Porto Alegre.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade