3 eventos ao vivo

Morre Alberto Bauli, 'rei' do Pandoro na Itália

Italiano era presidente do grupo confeiteiro do doce natalino

11 ago 2020
16h48
atualizado às 18h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O empresário italiano Alberto Bauli, presidente do grupo homônimo líder na confeitaria e produção do famoso doce natalino pandoro, morreu nesta terça-feira (11), em Verona, no norte da Itália.

Italiano era presidente do grupo confeiteiro do doce natalino
Italiano era presidente do grupo confeiteiro do doce natalino
Foto: Foto / Divulgação / Ansa - Brasil

Formado em engenharia, o empreendedor faria 80 anos no próximo dia 5 de setembro. A causa da morte não foi revelada.

Bauli ocupava o cargo de presidente da empresa de mesmo nome, fundada em 1922 por seu pai Ruggero, por mais de 25 anos. Sob sua liderança, a companhia adquiriu a fábrica de biscoitos de Treviso, Doria, em 2006. Três anos depois, assumiu os produtos de panificação da Nestlé comercializados com as marcas Motta e Alemagna nas instalações de San Martino Buon Albergo (Verona).

Já em 2013 o grupo adquiriu o Bistefani de Casale Monferrato (Alessandria). Ao longo de sua carreira, o "rei" do Pandoro também foi diretor e presidente do Banco Popolare de Verona. 

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade