PUBLICIDADE

Monica Bellucci receberá 'David di Donatello' por sua carreira

Cerimônia será realizada no próximo dia 11 de maio

6 mai 2021 16h17
| atualizado às 17h26
ver comentários
Publicidade

A atriz Monica Bellucci receberá um prêmio especial por sua carreira durante a 66ª edição de uma das maiores premiações do cinema italiano, o David di Donatello, informaram os organizadores do evento nesta quinta-feira (6).

Cerimônia será realizada no próximo dia 11 de maio
Cerimônia será realizada no próximo dia 11 de maio
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O reconhecimento, batizado de "David Speciale 2021", será concedido no próximo dia 11 de maio na cerimônia conduzida por Carlo Conti e transmitida ao vivo pela emissora "RAI 1".

Segundo a presidente da Academia de Cinema Italiano e diretora artística, Piera Detassis, a trajetória profissional de Bellucci é extraordinária.

"Uma carreira estelar mas sábia, que parte da Città di Castello e da nossa comédia, e se permite ser enaltecida por grandes autores como Francis For Coppola e Giuseppe Tornatore, tornando-se imediatamente internacional, com a devoção adicional do cinema francês ao seu lado", disse.

A homenagem, de acordo com Detassis, "reconhece a sua beleza ímpar, mas sobretudo a capacidade de jogo e provocação, como no caso de irreversível, alternando diretores reconhecidos com jovens novatos ou inovadores e quase sempre escolhendo o impulso artístico".

Para a diretora artística italiana, "Bellucci incorpora a rara capacidade de ser um ícone global, sem perder de vista o trabalho criativo e a comunidade artística". "Carismática, cosmopolita e profundamente italiana ao mesmo tempo".

Bellucci é considerada uma das atrizes italianas mais conhecidas e apreciadas em todo mundo há anos. Ela começou sua carreira como modelo antes de estrear no cinema italiano e, posteriormente, americano e francês.

Entre suas personagens mais famosas estão a noiva do Drácula, no filme de Coppola "Drácula de Bram Stoker (1992) e Malèna Scordia, no drama romântico italiano Malèna (2000).

Bellucci também participou do controverso filme de terror artístico de Gaspar Noé, "Irreversível" (2002), e interpretou Maria Madalena no drama bíblico de Mel Gibson, "A Paixão de Cristo" (2004).

Nos longas de ficção científica "The Matrix Reloaded" e "The Matrix Revolutions", a italiana interpretou Perséfone, enquanto que, na saga "James Bond", ela se tornou a Bond girl mais velha da história da franquia em 2015, no "007 - Contra Spectre".

"Agradeço à Academia de Cinema Italiano e a presidente Piera Detassis por este David. Receber este reconhecimento me emociona porque tenho um grande respeito pelo nosso cinema que sempre foi e continua a ser uma fonte de inspiração para o cinema mundial", disse Bellucci à ANSA.

"E mesmo que o meu caminho tenha me levado ao encontro de diferentes culturas e experiências artísticas, no meu coração, sempre me sinto apenas italiana", finalizou.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade