0

Conheça as regras para casamentos na Itália no pós-pandemia

Distanciamento social e fim de bufês self service estão na lista

15 jun 2020
15h12
atualizado às 16h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos principais destinos para casamentos no mundo, a Itália terá uma série de novas medidas sanitárias para realizar as cerimônias nesse período pós-pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Casamentos precisarão se adaptar às novas regras sanitárias
Casamentos precisarão se adaptar às novas regras sanitárias
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

As celebrações já estão liberadas nas regiões da Campânia e da Sicília e, a partir desta segunda-feira (15), foram autorizadas em todas as demais, incluindo a Lombardia, o Vêneto e o Piemonte.

Com isso, a partir de agora, há o incentivo para que as cerimônias e as festas sejam realizadas em espaços externos e ao ar livre, como jardins e terraços. Na parte de recepção e alimentação, no entanto, estão as maiores mudanças. As mesas deverão ser posicionadas de maneira que garantam o distanciamento de um metro entre os convidados - a regra só não vale para as cadeiras dos noivos.

Já os famosos bufês self service, com os convidados tocando em diversos utensílios ou na própria comida, não poderão mais serem disponibilizados. Para ter esse tipo de serviço, os alimentos devem estar dispostos em embalagens individuais e de uso único. Nas filas para buscar as refeições também deverá ser respeitado o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas.

Se a recepção for realizada em um local fechado, todos os convidados deverão usar máscaras ao saírem de suas mesas.

Temperos e pães devem ser servidos aos convidados em porções de uso único e com o uso de pinças pelos garçons.

Segundo o decreto do governo, os noivos e os convidados "em ambientes internos e externos, não terão a obrigação de usar máscara de proteção nos casos de afastamento das mesas, com a obrigação de respeitar o distanciamento pessoal de um metro se não forem pessoas conviventes".

No caso de festas com música, bailes e afins, a pista de dança deverá respeitar um índice de lotação, com o respeito de dois metros de distância entre cada pessoa. Fotógrafos, cinegrafistas e demais membros as equipes de captação de áudio e vídeo, por sua vez, precisarão usar máscaras de forma obrigatória" e deverão "fazer seu trabalho de modo responsável".

A Itália conseguiu controlar a curva de contágios da Covid-19 e, desde o dia 4 de maio, vem afrouxando as rígidas medidas impostas durante o período de lockdown. Ao todo, o país contabiliza 237.290 pessoas que se infectaram com a doença e 34.371 mortes.

Veja também:

Parque de ferromodelismo é inaugurado sob pista de esqui na Alemanha
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade