PUBLICIDADE

Britney Spears consegue 1ª vitória judicial e comemora

Cantora obteve o direito de escolher seu próprio advogado

15 jul 2021 11h54
| atualizado às 12h03
ver comentários
Publicidade

A cantora Britney Spears, 39 anos, teve sua primeira vitória judicial na longa batalha que trava para encerrar a tutela de seu pai, Jamie Spears, nesta quarta-feira (14). Pela primeira vez, a artista terá o direito de escolher seu próprio advogado.

Durante a audiência, Britney falou por telefone e disse que pretende processar seu pai "por abuso de tutela". "Quero um investigação contra ele", ressaltou à juíza. O escolhido pela artista será Matthew Rosengart, que já representou outros famosos, como Ben Affleck e Steven Spielberg.

O antigo advogado da cantora, Sam Ingham, anunciou que deixaria o caso após o depoimento prestado por ela em 23 de junho. Foi a primeira vez que ela falou sobre a tutela e, extremamente emocionada, disse que queria o fim do regime que dura desde 2008.

Após a decisão judicial, Britney usou sua conta no Instagram para celebrar a vitória e agradecer a todo o esforço feito pelos fãs, através da campanha #FreeBritney. E, pela primeira vez, a própria artista usou a tag criada para ela.

"Está vindo, gente... está vindo! Nova com a audiência hoje... eu me sinto grata e abençoada. Obrigada aos meus fãs que estão me apoiando... Vocês não têm ideia do quanto significa para mim ter o apoio de fãs tão incríveis! Deus abençoe todos vocês! Pssss essa sou eu celebrando cavalgando e fazendo estrelinhas hoje! #FreeBritney", escreveu.

Britney está sob tutela do pai desde 2008, em um momento que a artista teve crises por conta da pressão e da falta de privacidade que sofria. No entanto, o pai havia passado anos distante da filha, que tinha a mãe Lynne mais próxima.

Desde então, a cantora não tem mais autonomia nenhuma sobre sua vida financeira, sobre seu trabalho ou até mesmo o seu corpo, como revelou no depoimento de junho.

A norte-americana ressaltou que queria ter um terceiro filho, mas que seu pai a impediu de retirar o dispositivo intrauterino (DIU) para que ela pudesse aumentar a família. Em outro ponto chocante, a artista revelou que foi obrigada por Jamie a fazer turnês mundiais e a lançar álbuns novos, mesmo quando ela queria dar uma pausa na carreira. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade