0

Ama tiramisù? Copa do mundo elegerá o melhor do Brasil

Pré-seleção será realizada no dia 22 de novembro, em Curitiba

6 nov 2019
08h02
atualizado às 08h52
  • separator
  • 0
  • comentários

-Por Luciana Ribeiro  - Considerado um dos doces italianos mais amados no mundo, o tiramisù é tema de uma competição internacional que promete desafiar os confeiteiros amadores do Brasil. Pela primeira vez, o país será sede na América do Sul da Copa do Mundo de Tiramisù e abrigará eliminatórias do torneio, que escolhe a melhor receita do tradicional doce, feito de biscoito, queijo mascarpone, ovos, café, cacau em pó e açúcar. As inscrições se encerraram em 5 de novembro, e a pré-seleção ocorrerá no dia 22 , na unidade de gastronomia do Centro Europeu, em Curitiba. Confeiteiros amadores enviaram suas receitas pelo site oficial do evento, e 20 concorrentes serão escolhidos para preparar a versão clássica do tiramisù, com somente os seis ingredientes originais, que serão fornecidos pelos organizadores. A sobremesa será avaliada por especialistas brasileiros, além dos dois campeões da Tiramisù World Cup 2019, vindos da Itália.

Ama tiramisù? Copa do mundo elegerá o melhor do Brasil
Ama tiramisù? Copa do mundo elegerá o melhor do Brasil
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

    A decisão levará em conta aspectos como execução, aparência, sabor e harmonia, intensidade no paladar e equilíbrio da montagem. Os confeiteiros que produzirem os dois melhores doces estarão automaticamente classificados para a seleção nacional da Copa do Mundo de Tiramisù, que ocorrerá em julho de 2020, também em Curitiba. Além disso, o primeiro colocado ganhará um curso de confeitaria no Centro Europeu.
    Os participantes que não passarem nesta pré-seleção poderão tentar uma vaga, inscrevendo sua receita, novamente no ano que vem, quando acontecerá a etapa oficial para escolher as duas melhores sobremesas: uma clássica e uma criativa. Os dois vencedores vão viajar para Treviso, onde disputarão o mundial em novembro de 2020.
    Com apoio do Consulado-Geral da Itália em Curitiba e da Câmara de Comércio Ítalo-Brasileira do Paraná, a competição é idealizada pela empresa Twissen, especializada em turismo gastronômico e liderada por Francesco Redi. Em entrevista à ANSA, o italiano explicou que o Brasil, além da Bélgica, foi escolhido para sediar a competição "graças aos mecanismos de busca na internet", onde foi possível ver "tendências positivas de pesquisa" no país. O termo "tiramisù" é mencionado milhões de vezes em sites do mundo inteiro, sendo a quinta palavra da culinária italiana mais conhecida no exterior e a primeira entre as sobremesas. Além disso, a escolha por Curitiba também se deve ao fato de a cidade e o sul do país contarem com uma numerosa comunidade ítalo-descendente.
    "Estamos curiosos para ver o que os concorrentes brasileiros vão preparar. Temos muitas receitas criativas testadas nas primeiras edições. Cada participante conseguiu trazer um pouco de sua própria imaginação, seu próprio território, com suas especialidades típicas e alguns de seus segredos", afirmou Redi, ressaltando que, apesar das inovações, prefere a receita original da sobremesa. Programação paralela - A pré-seleção nacional da competição acontece dentro da programação da Semana de Gastronomia Italiana no Mundo, evento global promovido pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália. O cônsul-geral italiano em Curitiba, Raffaele Festa, afirmou à ANSA que a iniciativa "é um programa de promoção cultural destinado a alguns países estratégicos, como o Brasil". "Podemos dizer que contribui para as relações diplomáticas e de amizade entre os dois países, entendidas em um sentido mais amplo", ressaltou o diplomata. Como parte da programação, no próximo dia 22 de novembro, data das provas práticas dos candidatos selecionados, haverá diversas atividades relacionadas à gastronomia italiana.
    "Durante a manhã, nas dependências do Hotel Centro Europeu, haverá uma palestra sobre hábitos italianos à mesa, show cooking com a presença dos dois campeões [da Copa de Tiramisù] e degustação. À tarde, serão realizadas as provas práticas nas instalações da escola de gastronomia", disse Rogério Gobbi, coordenador de gastronomia do Centro Europeu, à ANSA.
    Origem do Tiramisù - O nome do famoso doce provém da expressão em italiano "tirami sù", que significa algo como "puxe-me para cima" ou "levante-me".
    Diversas regiões da Itália se consideram criadoras da sobremesa.
    Recentemente, inclusive, o Vêneto iniciou uma batalha contra Friuli Veneza Giulia para disputar a autoria do tiramisù. Entre as muitas histórias de seu surgimento, há uma que diz que o doce foi criado em um orfanato de uma pequena cidade italiana com a intenção de dar energia às crianças do local. "É a sobremesa por excelência, que nossa mãe, avó ou tia preparava para as festas com nossos amigos quando éramos crianças. É o que todos nós aprendemos imediatamente a fazer, porque é simples e um pouco nostálgico. É o doce que une, que cria família, além de ser um dos produtos que mais identificam o italiano no mundo", disse Francesco Redi. A receita chegou ao Brasil com os imigrantes e precisou ser adaptada pela falta de alguns ingredientes. Mesmo assim, "os brasileiros a apreciam muito", concluiu o responsável pela Copa do Mundo de Tiramisù.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade