PUBLICIDADE

Dois anos após a primeira quarentena

Moradores da zona norte contam como o contexto de crise sanitária interferiu nas relações sociais deles

1 abr 2022 11h31
| atualizado às 11h39
ver comentários
Publicidade

Ao completar dois anos desde o primeiro decreto de quarentena, realizado pelo governador João Doria no estado de São Paulo, seguimos nos protegendo do coronavírus. Mas uma coisa é fato: o medo e o isolamento afetou nossas relações sociais. Nilde Maria Santos, Décio dos Santos, moradores de Perus,e Ana Maria Santana, da Freguesia do Ó, também na zona noroeste de São Paulo, contam como esse contexto da crise sanitária interferiu nas relações sociais.

Foto: Léu Britto/Agência Mural / Agência Mural

Próxima Parada

Produzido pela Agência Mural e distribuído exclusivamente pelo Spotify, o Próxima Parada conta com a colaboração da nossa rede de correspondentes locais dos bairros periféricos da Grande São Paulo. Para ouvir o episódio, basta clicar neste link do programa e se cadastrar gratuitamente no aplicativo.

De segunda a sexta-feira, sempre no final da tarde, um novo episódio fica disponível. Ali, os apresentadores e repórteres Gabriela Carvalho e Rômulo Cabrera contam histórias, analisam fatos e apontam possíveis soluções para as demandas das quebradas. A produção é da Halitane Rocha, a edição de som da Pammela Gentil, a distribuição nas redes sociais da Pietra Alcântara e coordenação geral do podcast é do Vagner de Alencar.

Agência Mural
Publicidade
Publicidade