PUBLICIDADE

TrazFavela: A plataforma delivery das periferias de Salvador

A plataforma se propõe a solucionar a ineficiência do serviço de entregas dentro das periferias da capital baiana

28 jun 2022 - 11h45
(atualizado às 11h48)
Ver comentários
Publicidade
Cofundadores do Traz Favela, Iago Santos e Ana Luiza.
Cofundadores do Traz Favela, Iago Santos e Ana Luiza.
Foto: Milena Palladino.

Se por um lado os moradores da periferia se sentem frustrados ao efetuar uma compra e ler o aviso: “sua região está fora da área de cobertura”, os comerciantes também são prejudicados pela dificuldade de escoar seu produto por toda cidade. Para solucionar esse problema surge o TrazFavela, uma plataforma de delivery das periferias.

“Trabalhava em uma área nobre de Salvador, e lá chegava todos os aplicativos de delivery, mas em um dado momento percebi que não realizavam entregas no meu bairro. Um bairro conhecido pelo seu comércio intenso. Inconformado, resolvi criar o Trazfavela”, contou Iago Santos, CEO do TrazFavela.

A justificativa comum utilizada para rejeitar entregas na periferia diz respeito à insegurança das localidades, sendo estas, inclusive, demarcadas como áreas de risco. Contudo, a partir da experiência com o delivery das periferias, Iago conta que “dentro das 4000 entregas realizadas, só houve uma situação relatada por um entregador, mas ele não passou por nenhum tipo de perda ou prejuízo”.

Morador de São Caetano, periferia de Salvador, Iago Santos, 29, tem a partir do seu negócio, o propósito de fortalecer a economia da Favela, fomentando o consumo entre moradores e empreendedores da periferia, favorecendo a geração de trabalho e o reconhecimento das riquezas da favela.

Essa conexão para impulsionar e fortalecer o comércio local, Iago chama de “Favela Money”, quando “a favela consegue fortalecer os empreendedores dela”, explicou Iago.

Trazfavela é um serviço de logística atuando diretamente com comerciantes de áreas periféricas de setores diversos, exceto o Fast-food, levando produtos de dentro da periferia para fora, e de fora para dentro. Para esses comerciantes existem planos nos quais o valor varia de acordo com o volume de entrega, sendo que quanto maior o volume, menor o valor da taxa de serviço.

A empreendedora Juliane Dias, 27, trabalha no ramo da Confeitaria há 4 anos com sua empresa Ju Cakes e se tornou usuária regular dos serviços do TrazFavela, devido a necessidade de entregar por toda a cidade. “Hoje consigo atender bairros/clientes mais distantes do meu ateliê, que antes não era possível sem o serviço deles”, disse Juliane. 

Para Juliane, o atendimento prestado é excelente, desde o agendamento da entrega via whatsapp até o compromisso e responsabilidade dos entregadores. A CEO da Cestas com Afeto compartilha do mesmo feedback, Gabriele Vieira, 38 anos, entende que o serviço de entrega é parte do seu produto e portanto, precisa de agilidade, compromisso e responsabilidade  para entregar a melhor experiência. 

“O TrazFavela atende as minhas necessidades para entregar as cestas de café da manhã, de forma pontual com o todo o suporte administrativo de um serviço de logística. Sinto que posso contar com alguém que atende aos meus clientes oferecendo um pós venda de qualidade”, disse Gabriele.

Iago já colhe os resultados desejados para este negócio, pois já visualiza uma rede de afroempreendedores consumindo seu serviço, e assim encontrando mais facilidades para acessar fornecedores e aperfeiçoar seus processos, a exemplo de Geórgia Nunes, idealizadora da Amora Brinquedos Afirmativos. 

“O TrazFavela me ajuda bastante. Umas das costureiras que presta serviço pra minha empresa reside em uma comunidade onde eu tinha muita dificuldade de encontrar motoboys que se dispusessem a ir até ela, e com isso todo o serviço ficava atrasado”, disse Geórgia.

E finaliza Geórgia: “Com o TrazFavela eu consigo agendar a coleta e no dia e horário combinado eles retiram e entregam a mercadoria, tudo com pagamento online de modo facilitado e sem problemas. Facilitou muito a minha vida!”.

 

ANF
Publicidade
Publicidade