PUBLICIDADE

Green NCAP: uma nova forma de avaliar os carros elétricos

Audi Q4 e-tron conquista 5 estrelas no teste de impacto ambiental da Green NCAP, Hyundai Bayon, Renault Kangoo e VW Caddy têm 2,5 estrelas

30 jun 2022 - 16h23
(atualizado às 16h27)
Ver comentários
Publicidade
Audi Q4 e-tron gabaritou teste do Green NCAP
Audi Q4 e-tron gabaritou teste do Green NCAP
Foto:

O Green NCAP divulgou nesta quinta-feira (30) os resultados de mais uma rodada de testes. A entidade europeia, que classifica aspectos em relação ao impacto ambiental, sustentabilidade e eficiência dos automóveis, avaliou os modelos Audi Q4 e-tron, Hyundai Bayon, Renault Kangoo, Volkswagen Caddy, Peugeot 308 e Genesis GV70 já com os novos critérios de pontuação que estrearam no início deste ano.

Dentre os veículos avaliados pelo Green NCAP, o Audi Q4 e-tron foi o que se saiu melhor. O SUV 100% elétrico da montadora conquistou a pontuação máxima de cinco estrelas, ao se sair bem nos critérios de eficiência energética, além dos índices de gases de efeito estufa e de pureza de ar. O novo Audi Q4 e-tron pode chegar ao Brasil em 2023.

Renault Kangoo
Renault Kangoo
Foto: Renault/Divulgação

Por outro lado, os modelos Hyundai Bayon, Renault Kangoo e o Volkswagen Caddy receberam uma nota de 2 estrelas e meia. Dentre os resultados divulgados pelo Green NCAP, a minivan da Volkswagen poderia ter se saído melhor se não fossem os resultados de emissão de amônia, enquanto o Renault Kangoo perdeu pontos pelo consumo elevado e pelo índice de emissão de gases causadores do efeito estufa.

Por fim, o hatch médio Peugeot 308 recebeu duas estrelas, enquanto o SUV Genesis GV70 foi avaliado com apenas uma estrela, devido ao consumo elevado de combustível e pelo alto índice de emissão de gases poluentes. Vale lembrar que, em 2022, os critérios de avaliação do Green NCAP se tornaram mais rigorosos, para se adequarem à evolução dos atuais motores a combustão e eletrificados.

Peugeot 308
Peugeot 308
Foto: Stellantis / Divulgação

“Até hoje, nossas avaliações levavam em conta apenas a avaliação do tanque de combustível à roda. Os carros obtiveram uma classificação de estrelas com base em suas emissões e desempenho de eficiência desde o ponto de carregamento ou bomba de combustível até o desempenho que entregaram na estrada”, afirma o gerente técnico do Green NCAP, Aleksandar Damyanov. 

De acordo com o executivo, a nova classificação permite uma abordagem mais ampla, ao também levar em consideração a avaliação de gases de efeito estufa e de produção e obtenção de energia. Futuramente, o Green NCAP pretende incluir ainda uma avaliação de aspectos da produção dos carros e das baterias.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade