PUBLICIDADE

Starliner: NASA confirma 5º vazamento em nave espacial da Boeing

A NASA confirmou que a cápsula Starliner, da Boeing, apresentou 5 vazamentos de hélio. Engenheiros estão avaliando a situação enquanto nave não retorna à Terra

14 jun 2024 - 00h45
(atualizado às 04h30)
Compartilhar
Exibir comentários

A NASA confirmou que a espaçonave Starliner, da Boeing, apresentou seu 5º vazamento de hélio no sistema de propulsão. Em comunicado, a NASA afirmou que as equipes da Starliner estão investigando quais impactos os pequenos vazamentos podem ter no restante da missão.

Foto: Bob Hines/NASA / Canaltech

Josh Finch, representante da agência espacial, declarou ao SpaceNews na segunda (11) que o quinto vazamento foi descoberto no momento de uma conferência conduzida após a acoplagem da espaçonave. 

Segundo ele, "o vazamento é bem menor que os outros". Em sua fala, ele se referiu aos demais identificados ao longo da missão: o primeiro deles foi descoberto em 6 de maio, dia em que o lançamento aconteceria originalmente. Com a detecção, os oficiais preferiram adiá-lo.

Foi somente em 5 de junho que a Starliner foi lançada à Estação Espacial Internacional (ISS) — e poucas horas após deixar o solo, os controladores da missão detectaram outros dois vazamentos, sendo que um era relativamente grande. O quarto foi detectado após a nave ser acoplada à ISS. 

Starliner se aproximando da Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA TV)
Starliner se aproximando da Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA TV)
Foto: Canaltech

Além dos vazamentos de hélio, os engenheiros estão estudando a falha que um dos propulsores do sistema de controle de reação sofreu. O componente parou de funcionar durante a viagem e outros quatro foram desativados pelo software de voo, mas voltaram a operar. 

De qualquer forma, ainda há tempo para as equipes terminarem as análises. Antes, o esperado era que a Starliner voltasse à Terra em 14 de junho, mas a NASA anunciou que a espaçonave não deve deixar a estação antes do dia 18. A nova data foi escolhida devido a uma caminhada espacial que aconteceria nesta quinta (13), mas que acabou adiada.

Fonte: SpaceNews

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade