PUBLICIDADE

Nova espécie de dinossauro com chifres gigantes recebe nome de Loki

Nos EUA, pesquisadores encontraram o fóssil de um dinossauro com grandes e irregulares chifres; a espécie recebeu o nome de Loki em homenagem ao deus nórdico

21 jun 2024 - 20h33
(atualizado em 22/6/2024 às 01h18)
Compartilhar
Exibir comentários

No estado de Montana (EUA), a poucos quilômetros da fronteira com o Canadá, pesquisadores encontraram uma nova espécie de dinossauro, com chifres gigantes, que recebeu o nome de Lokiceratops rangiformis. É uma homenagem ao deus nórdico Loki.

Foto: Andrey Atuchin/Museum of Evolution in Maribo/CC BY-NC-ND / Canaltech

Liderado por paleontólogos da Universidade do Estado do Colorado (CSU) e da Universidade de Utah (UU), o estudo começou com a montagem de fragmentos fósseis pequenos do crânio do dinossauro, conhecido por ser um primo distante e mais velho do Triceratops (são pelo menos 12 milhões de anos de diferença).

O dinossauro que homenageia Loki viveu há 78 milhões de anos nos pântanos e planícies costeiras do continente insular Laramidia, que são hoje terras áridas nos EUA, segundo estudo publicado na revista PeerJ.

Dinossauro com chifres gigantes

Lokiceratops rangiformis tem um escudo ósseo extenso na parte de trás do crânio e chifres assimétricos no topo da cabeça. Esses chifres gigantes e irregulares lembram os de uma rena. Nenhum chifre surge a partir do nariz, o que é um diferencial importante em relação a outras espécies.

Espécie de dinossauro recebe o nome de Loki em homenagem ao deus nórdico (Imagem: Museum of Evolution/CC BY-NC-ND)
Espécie de dinossauro recebe o nome de Loki em homenagem ao deus nórdico (Imagem: Museum of Evolution/CC BY-NC-ND)
Foto: Canaltech

Para Joseph Sertich, pesquisador da CSU e autor do estudo, os chifres da nova espécie são os maiores já vistos em um ceratopsiano (grupo de dinossauros conhecidos por serem quadrúpedes e herbívoros).

Função dos chifres

"Os ornamentos do crânio são uma das chaves para desvendar a diversidade dos dinossauros com chifres e demonstram que a seleção evolutiva para exibições vistosas contribuiu para a riqueza estonteante dos ecossistemas do Cretáceo", acrescenta Sertich, em nota.

 A hipótese defendida por Sertich é de que essa espécie usava os chifres de modo semelhante ao que os pássaros fazem com as penas. "Eles os usam para seleção de parceiros ou para reconhecimento de espécies", pontua o paleontólogo.

Diferença entre os dinossauros do Cretáceo

A seguir, veja a diferença entre o "dino Loki" e as outras espécies que viveram no mesmo momento, durante o Cretáceo Superior — ele é o único a não ter um chifre ou protuberância saindo do nariz: 

Nova espécie de dinossauro descoberta nos EUA é conhecida pelos enormes chifres (Imagem: Fabrizio Lavezzi/Evolutionsmuseet, Knuthenborg/CC BY-NC-ND)
Nova espécie de dinossauro descoberta nos EUA é conhecida pelos enormes chifres (Imagem: Fabrizio Lavezzi/Evolutionsmuseet, Knuthenborg/CC BY-NC-ND)
Foto: Canaltech

Homenagem ao Loki

Por causa dos chifres, os autores da pesquisa optaram por homenagear a espécie com o nome de Loki. Na mitologia nórdica, ele é conhecido por ser o deus da trapaça, da travessura e do fogo. Entretanto, a explicação para o nome está mesmo nas representações mais populares dele, já que Loki é comumente representado com chifres. 

Fora da mitologia tradicional, Loki também é um personagem bastante popular no Universo Cinematográfico Marvel (MCU), onde já ganhou até série própria. Nessas histórias, é conhecido por ser irmão de Thor, o deus do trovão.

Fonte: PeerJ, CSU

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade