PUBLICIDADE

NASA adia mais uma vez o retorno da cápsula Starliner à Terra

A NASA confirmou que a cápsula Starliner, que está acoplada à Estação Espacial Internacional, só deve voltar à Terra após testes realizados em julho

24 jun 2024 - 01h45
(atualizado às 20h24)
Compartilhar
Exibir comentários

A volta da cápsula Starliner à Terra só deve acontecer a partir do mês de julho: em nota publicada na última sexta-feira (21), NASA e Boeing adiaram o retorno da nave mais uma vez. A decisão foi tomada para que a equipe possa coletar mais dados sobre os problemas nos propulsores e os vazamentos de hélio da nave.

Foto: Bob Hines/NASA / Canaltech

A agência espacial dos EUA já havia adiado o retorno para o final de junho, mas teve que prolongar o prazo dias depois. Agora, uma nova data para a volta só deve ser divulgada após as caminhadas espaciais planejadas para os dias 24 de junho e 2 de julho. 

De acordo com o diretor do programa de tripulação comercial da NASA, Steve Stich, a medida faz parte do gerenciamento padrão da missão e a equipe pretende "deixar os dados direcionarem a tomada de decisões" para a solução dos problemas.

Cápsula Starliner segue acoplada à Estação Espacial Internacional (Imagem: Divulgação/NASA)
Cápsula Starliner segue acoplada à Estação Espacial Internacional (Imagem: Divulgação/NASA)
Foto: Canaltech

O que acontece com a cápsula Starliner?

A nave Starliner, da Boeing, fez sua primeira missão tripulada na história e chegou à Estação Espacial Internacional no dia 6 de junho (com atraso, é verdade). Porém, a cápsula está acoplada à ISS até o momento e não voltou à Terra devido a alguns problemas técnicos: foram encontrados vazamentos de gás hélio no sistema de propulsão e alguns propulsores pararam de funcionar. 

Para garantir a segurança dos astronautas Butch Wilmore e Suni Williams, que compõem a tripulação, a NASA decidiu adiar a volta para a Terra. A agência informa que quatro dos cinco propulsores com problemas já foram consertados.

Na última nota, Steve Stich confirmou que "a Starliner performa bem em órbita enquanto acoplada à Estação Espacial Internacional" e que o tempo extra está sendo "usado estrategicamente para abrir o caminho a algumas atividades críticas, enquanto completamos a preparação para o retorno de Butch e Suni e obtemos informações valiosas sobre as atualizações de sistema para missões pós-certificação".

Por fim, a NASA confirma que a Starliner estaria liberada para voltar à Terra caso houvesse uma emergência na ISS que exigisse o retorno da tripulação. 

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade