PUBLICIDADE

Google Pixel 9 Pro XL vaza em primeiros testes com desempenho curioso

Esperado como o próximo topo de linha premium do Google, o Pixel 9 Pro XL vazou em primeiros testes com resultados curiosos e bem diferentes entre si

17 jun 2024 - 23h54
(atualizado em 18/6/2024 às 03h57)
Compartilhar
Exibir comentários

Reforçando rumores que apontavam que a linha Pixel ganharia um terceiro integrante neste ano, os primeiros testes de desempenho do Google Pixel 9 Pro XL foram encontrados no banco de dados do Geekbench 6, mostrando uma situação curiosa. Além de um aumento de memória, o telefone apresentou dois resultados bem diferentes de desempenho, que dificultam definir qual a real evolução do dispositivo, mesmo que em ambos os casos a novidade continue perdendo para outros smartphones premium.

Foto: Ivo Meneghel Jr/Canaltech / Canaltech

O primeiro dos testes, descoberto na manhã desta segunda-feira (17) reforça o nome Pixel 9 Pro XL, bem como a capacidade turbinada de memória de 16 GB de RAM, um salto significativo em relação aos 12 GB do Pixel 8 Pro.

Equipado com o ainda não anunciado chip Tensor G4, a novidade deixou bastante a desejar ao marcar 1.378 pontos em single-core e 3.732 pontos em multi-core, números comparáveis a um Snapdragon 7 Gen 3, chip intermediário que equipa celulares como o Motorola Edge 50 Pro.

Curiosamente, esse resultado foi apagado pouco depois. No entanto, um novo registro já foi ao ar com as mesmas especificações, mas números bem superiores.

(Imagem: Reprodução/MySmartPrice)
(Imagem: Reprodução/MySmartPrice)
Foto: Canaltech
(Imagem: Reprodução/Geekbench)
(Imagem: Reprodução/Geekbench)
Foto: Canaltech

No segundo resultado, também lançado nesta segunda, o topo de linha premium do Google obteve 1.950 pontos em single-core e 4.655 pontos em multi-core, ficando muito mais próximo de celulares premium com processador Snapdragon 8 Gen 2, como o Galaxy S23 Ultra. Mesmo que o dispositivo continue bem distante dos topos de linha modernos com Snapdragon 8 Gen 3, cuja margem de vantagem chega aos 45%, o que realmente chama atenção é a diferença gritante entre os dois testes.

É difícil apontar com certeza qual o motivo, mas há duas possibilidades: um dos resultados pode ser falso, algo que já aconteceu com o Geekbench no passado, ou otimizações foram implementadas entre a realização de cada benchmark. O ideal no momento é aguardar por mais vazamentos, que devem esclarecer melhor o que o celular deve realmente ser capaz de oferecer.

Novidade para a linha Pixel, o Google Pixel 9 Pro XL seria, na realidade, um sucessor direto para o Pixel 8 Pro — o verdadeiro novo integrante da linha seria o Pixel 9 Pro de tamanho reduzido, próximo ao do Pixel 9 tradicional. Ainda assim, segundo os rumores, o modelo XL contaria com alguns recursos próprios para se distanciar dos "irmãos" mais simples, começando justamente pelos 16 GB de RAM vistos no Geekbench. Outro diferencial seria a tela mais ampla de 6,7 polegadas, similar à usada no Pixel 8 Pro.

O Pixel 9 Pro XL (último aparelho, à direita) pode trazer as maiores tela e bateria da nova geração do Google (Imagem: Reprodução/Rozetked)
O Pixel 9 Pro XL (último aparelho, à direita) pode trazer as maiores tela e bateria da nova geração do Google (Imagem: Reprodução/Rozetked)
Foto: Canaltech

Considerando a estratégia da geração anterior, é provável que o Google também limite alguns recursos ao dispositivo maior. O restante das especificações segue desconhecido, mas novas informações devem surgir em breve. Ainda sem uma previsão precisa de lançamento, a linha Pixel 9 deve ser apresentada em outubro, caso a gigante mantenha o cronograma de lançamento dos anos anteriores.

Fonte: MySmartPrice

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade