PUBLICIDADE

Estúdios de Wizard With a Gun e Alone in the Dark anunciam fechamento

Em apenas um fim de semana, a Galvanic Games e a Pieces Interactive revelaram o encerramento de suas atividades

18 jun 2024 - 00h15
(atualizado às 09h40)
Compartilhar
Exibir comentários

A indústria de games segue sofrendo imensamente com as projeções irreais criadas por companhias e investidores durante os anos de pandemia e os altos custos na produção de jogos. Os mais novos estúdios a anunciarem seus fechamentos foram a Galvanic Games, de Wizard with a Gun, e a Pisces Interactive, responsável pelo recente reboot de Alone in the Dark.

Foto: Reprodução/Galvanic Games, Pieces Interactive / Canaltech
Wizard with a Gun foi o último projeto da Galvanic Games (Imagem: Divulgação/Galvanic Games)
Wizard with a Gun foi o último projeto da Galvanic Games (Imagem: Divulgação/Galvanic Games)
Foto: Canaltech

Patrick Morgan, presidente e fundador da Galvanic Games, comunicou no sábado, dia 15 de junho, o fechamento do estúdio. Segundo Morgan, o lançamento de Wizard with a Gun foi muito bom, mas não o suficiente para manter a empresa ativa. O executivo revelou que a decisão foi ainda mais difícil pois, depois de 10 anos montando a equipe que sempre sonhou ter, no ano mais produtivo do estúdio, isso tenha acontecido.

Morgan agradeceu o esforço de todo o seu time, divulgando os currículos daqueles que assim o desejaram, esperando que, eventualmente, seus caminhos voltem a se cruzar e possam trabalhar juntos novamente.

Já a Pieces Interactive, estúdio originalmente da Embracer Group, anunciou que fechou suas portas neste ano, após seu envolvimento com o reboot de Alone in the Dark. A empresa, que começou suas atividades em 2007, é conhecida pelo seu trabalho na franquia Titan Quest, mas já havia trabalhado em jogos como Magicka 2, além de colaborar em projetos de estúdios como a Koei Tecmo, Paradox Interactive e Koch Media.

Alone in the Dark, reboot da clássica franquia de terror, foi lançado em março de 2024, contando com atores como David Harbour (Stranger Things) e Jodie Comer (Killing Eve) nos papéis principais da história, mas teve um marketing extremamente fraco, além de dividir a opinião da crítica especializada. Isso trouxe baixas vendas do título, que certamente levaram ao fechamento do estúdio.

A Galvanic Games e a Pieces Interactive se juntam às dezenas de empresas de games que viram suas portas fecharem ou terem seu quadro de funcionários reduzidos drasticamente em 2024. Apenas no primeiro semestre do ano, já foi contabilizado um número de demissões na indústria de games maior que de todo o ano de 2023 e, infelizmente, não parece que esse número deve parar de crescer.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade