PUBLICIDADE

Novo teste do Starship tem avanços, mas acaba em explosão

Megafoguete de Musk levará humanidade de volta à Lua

18 nov 2023 - 12h01
(atualizado às 12h58)
Compartilhar
Exibir comentários

Fracassou o segundo teste de voo do Starship, maior foguete já construído e que será usado no retorno de missões tripuladas à Lua, realizado neste sábado (18), no Texas, Estados Unidos.

O veículo é produzido pela SpaceX, empresa aeroespacial do bilionário Elon Musk, e será usado pela Nasa na missão Artemis 3, que pretende levar astronautas de volta à Lua em 2025.

Três minutos após o lançamento, o Starship se separou com sucesso de seu propulsor e atingiu 150 quilômetros de altitude, mas o centro de controle perdeu contato com o segundo estágio do foguete, que acabou explodindo.

O objetivo da SpaceX era fazer o veículo orbitar a Terra e retornar ao solo em segurança. Apesar de a meta não ter sido alcançada, o segundo teste apresentou avanços em relação ao voo realizado em abril, quando o Starship sequer se separou do primeiro estágio.

"Parabéns às equipes que fizeram progresso no teste de voo de hoje", escreveu nas redes sociais o administrador da Nasa, Bill Nelson. "Voos espaciais são uma aventura ousada e exigem espírito empreendedor e inovação. Juntas, a Nasa e a SpaceX vão levar a humanidade de volta à Lua, a Marte e além", acrescentou.

Já a SpaceX ressaltou que o teste de hoje vai ajudá-la a "melhorar a confiabilidade do Starship, enquanto busca tornar a vida multiplanetária". A expectativa da empresa de Musk é realizar um terceiro teste no início do ano que vem.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade