PUBLICIDADE

Sierra Space termina montagem do avião espacial Dream Chaser

Após finalizar a montagem do avião espacial Dream Chaser, a Sierra Space vai enviá-lo para testes. O primeiro voo do veículo pode acontecer no ano que vem

8 nov 2023 - 20h37
(atualizado em 9/11/2023 às 11h10)
Compartilhar
Exibir comentários

A Sierra Space finalizou a montagem do Dream Chaser, seu avião espacial. O veículo pode ser lançado ao espaço no ano que vem com destino à Estação Espacial Internacional (ISS) com um foguete Vulcan Centaur, da United Launch Alliance.

Foto: Sierra Space / Canaltech

Chamado Tenacity, o avião vai ser enviado às Instalações de Testes Neil A. Armstrong, da NASA, onde vai passar por procedimentos em uma câmara a vácuo que imita as condições encontradas no espaço. Depois desta etapa, o veículo vai ser transportado rumo ao Cabo Canaveral, na Flórida.

Por enquanto, não há data de lançamento definida para a primeira missão do Dream Chaser, mas é possível que aconteça em algum momento em março de 2024. O cronograma da missão inaugural não depende somente do avião, mas também do foguete Vulcan Centaur.

O Dream Chaser está em desenvolvimento há mais de uma década, e foi projetado originalmente para servir como um veículo de transportes de cargas para a ISS. Quando iniciar suas operações, ele vai ser lançado com o Vulcan Centaur e, após retornar, vai pousar na pista do Centro Espacial Kennedy.

Entretanto, o foguete deve realizar seu primeiro voo em dezembro, levando ao espaço o lander lunar Peregrine, da Astrobotic; se tudo correr bem, o Dream Chaser vai ser lançado com o Vulcan em seu segundo voo. A United Launch Alliance precisa completar estas duas missões para depois iniciar aquelas do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Como pode pousar na pista usada pelos antigos ônibus espaciais, o Dream Chaser promete ser uma opção significativa para as missões da NASA. Por enquanto, a agência espacial conta com as cápsulas Dragon, da SpaceX, que pousam no litoral da Flórida após o fim de suas missões. Outra alternativa usada pela NASA são as espaçonaves Cygnus, que são queimadas durante a reentrada na atmosfera.

Fonte: Sierra Space

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade