PUBLICIDADE

SES lança satélites O3b mPower que faltavam para iniciar serviços

A SES lançou novos satélites O3b mPower para sua constelação, que agora tem unidades suficientes para oferecer serviços de internet a partir do ano que vem

13 nov 2023 - 15h22
(atualizado às 18h16)
Compartilhar
Exibir comentários

A constelação de satélites de internet O3b mPOWER, da SES, está mais próxima de ficar completa. No domingo (12), um foguete da SpaceX foi lançado, levando ao espaço o terceiro par de dispositivos. Com os novos satélites, a SES está pronta para oferecer serviços de conexão aos seus clientes.

O foguete Falcon 9 decolou às 18h08 no horário de Brasília, a partir da plataforma da Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral, na Flórida. Os satélites se separaram do veículo cerca de duas horas depois, e o primeiro estágio do foguete pousou no oceano.

A SES confirmou que conseguiu contato com os satélites. Agora, eles vão passar alguns meses seguindo rumo às suas posições na

órbita média da Terra

(MEO), ficando a cerca de oito mil quilômetros de altitude. Segundo a SES, a MEO permite que a conexão dos satélites alcance 96% do planeta.

Em um comunicado, a empresa destaca que vai adicionar mais dois satélites à constelação que, agora, vai totalizar 13 dispositivos. Com este lançamento, a SES passa a ter seis satélites em órbita, quantidade necessária iniciar o serviço comercial no segundo trimestre do ano que vem.

Satélites O3b mPOWER

Os satélitesO3b mPOWER são construídos pela Boeing e foram revelados pela SES em 2021. Inicialmente, a empresa planejava construir uma constelação com 11 deles, mas somente seis são necessários para a conectividade ser fornecida aos usuários.

Foto: SpaceX / Canaltech

Segundo Steve Collar, então CEO da empresa, os O3b mPOWER vão oferecer novo nível de conexão a empresas, governos, regiões rurais, aviões e navios. Parte disso se deve ao posicionamento dos satélites, na MEO: ali, leva menos tempo para os sinais chegarem ao satélite e serem retransmitidos aos usuários.

Vale lembrar que a SES já contava com os satélites O3b, pertencentes à primeira geração dos dispositivos. Os primeiros deles foram lançados em 2013 e fornecem conexão à internet inclusive para usuários no Brasil.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade