PUBLICIDADE

RJ, SP, Curitiba e Porto Alegre: veja capitais brasileiras a partir da ISS

As fotos foram feitas no início de julho, e foram divulgadas no dia 17; elas mostram diferentes capitais do país fotografadas a cerca de 400 km de altitude

18 jul 2022 - 18h30
(atualizado às 21h21)
Ver comentários
Publicidade

Os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) fizeram algumas fotos que vão maravilhar os fãs do espaço — principalmente os brasileiros. As imagens mostram as cidades do Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS), fotografadas enquanto o laboratório orbital as sobrevoava no início do mês.

As fotos foram feitas no dia 4 de julho, mas foram publicadas somente neste domingo (17). Em uma delas, vemos um clique da noite em Curitiba, capital do Paraná. A cidade é lar de quase dois milhões de habitantes e, na foto, aparece com a região metropolitana em destaque — repare também nas diferenças na iluminação de várias áreas da cidade.

Outra foto da região sul do Brasil mostra Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Na foto, é possível observar algumas regiões conhecidas, como a Vila Assunção, Canoas, Alvorada, Viamão, entre outros. Será que você consegue encontrá-los na foto abaixo?

Já a foto de São Paulo nos traz a capital paulista repleta de luzes. Na publicação, a NASA descreve uma característica interessante na imagem: as luzes mais luminosas nas ruas da cidade têm contraste com aquelas de Guarulhos, menos brilhantes. Veja:

Por fim, ficamos com uma foto do Rio de Janeiro, a segunda cidade mais populosa do Brasil. A capital carioca foi fotografada emoldurada por embarcações na Baía de Guanabara, enquanto o laboratório orbital estava a cerca de 420 km de altitude.

Coordenada através de um programa cooperativo entre países como os Estados Unidos, Rússia, Europa e outros, a Estação Espacial Internacional é o maior objeto de origem artificial já lançado ao espaço. Ela orbita nosso planeta a cerca de 400 km de altitude em média e completa uma volta a cada 90 minutos, viajando a 28 mil km/h.

Fonte: NASA (Twitter), Flickr (1, 2, 3), MetSul

Trending no Canaltech:

Canaltech
Publicidade
Publicidade