PUBLICIDADE

Anonymous divulga lista com supostos financiadores de ataques em Brasília; confira

Célula brasileira do grupo de hackers apontou lista com organizações que podem ter participado de atos antidemocráticos no dia 8 de janeiro

24 jan 2023 - 11h35
Compartilhar
Exibir comentários
Anonymous liberou lista com 110 empresas suspeitas
Anonymous liberou lista com 110 empresas suspeitas
Foto: Mohammad Hoseini / Unsplash

O grupo de hackers Anonymous liberou uma lista com 110 nomes de empresas que podem ter ajudado a financiar os ataques terroristas ocorridos no Distrito Federal no dia 8 de janeiro. A divulgação foi feita pela Eter Sec, célula brasileira da organização, nesta segunda-feira (23). 

Entre os nomes levantados, estão empresários acusados de terem financiado ônibus, acampamento e alimentação de manifestantes antidemocráticos. Foram divulgadas fotos e informações como CPF, e-mail, redes sociais, dados familiares e até uma suposta faixa de renda dos administradores. 

Além do envolvimento nos atos terroristas do dia 8 de janeiro, o grupo também reuniu nomes ligados à campanha de Jair Bolsonaro  (PL) e à flexibilização de leis ambientais no país. 

O Anonymous declarou ainda que 35 empresas no ranking da Forbes, dos 100 maiores negócios do agro no Brasil, estão relacionadas direta ou indiretamente com os atos do governo de Bolsonaro.

"Nem todo nome aqui citado é financiador direto da invasão de Brasília, alguns fizeram doações para reeleição de membros da direita do nosso país. Outros participaram de reuniões ministeriais responsáveis pela flexibilização das leis ambientais", explica o grupo. 

Na list

Veja a publicação: 

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade