Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Dezembro Laranja: saiba quais são os sintomas do câncer de pele

Chegada do verão traz um alerta sobre os riscos e cuidados necessários para evitar a doença

2 dez 2021 15h00
Compartilhar
Descubra quais são os sintomas do câncer de pele
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Dezembro Laranja é um movimento nacional, organizado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para alertar sobre os perigos do câncer de pele e os cuidados necessários para prevenir o desenvolvimento da doença. Segundo a entidade, entre 2008 e 2017, os tumores nessa região do corpo foram responsáveis pela morte de aproximadamente 30 mil pessoas no Brasil.

E é a chegada do verão que mais preocupa os especialistas. Já que, durante a época mais quente do ano, ocorre o aumento da exposição excessiva ao sol. Além disso, os raios-ultravioletas tendem a ser mais potentes durante esse período. No entanto, é necessário conscientizar as pessoas de que os cuidados para evitar o câncer de pele devem permanecer por todos os meses do ano, independente do clima e da temperatura ambiente.

Publicidade

"O câncer da pele pode se assemelhar a pintas, eczemas ou outras lesões benignas. Assim, conhecer bem a pele e saber em quais regiões existem as pintas, por meio de avaliações anuais com especialista, faz toda a diferença na hora de detectar qualquer irregularidade", afirma a médica Dra. Adriana Vilarinho, dermatologista, membro da SBD e da Academia Americana de Dermatologia (AAD).

Sintomas do câncer de pele

Para auxiliar as pessoas a identificarem possíveis sinais do câncer de pele, a médica separou os principais indícios da doença. Confira:

  • Lesão na pele, de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente;
  • Pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;
  • Mancha ou ferida que não cicatriza e continua a crescer, apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento;
  • Nódulos na pele sem causa aparente.

Caso seja identificado qualquer um desses sintomas, a recomendação é procurar imediatamente um médico, para que ele avalie o seu caso e dê o diagnóstico correto. A detecção precoce do câncer de pele é fator fundamental para um tratamento eficaz e menos agressivo. Quanto antes for descoberto, maior será a chance de vencer essa batalha.

Prevenção

Porém, a melhor maneira de não sofrer graves consequências com o câncer de pele é, justamente, apostar todas as fichas na prevenção da doença. Para isso, a SBD também separou algumas atitudes importantes. Veja:

Publicidade
  • Usar chapéus, camisetas, óculos escuros e protetores solares;
  • Cobrir áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas;
  • Evitar a exposição solar e permanecer na sombra das 09h às 16h;
  • Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material;
  • Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou de diversão;
  • Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB e tenha um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo;
  • Reaplicar o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre;
  • Ao utilizar o produto no dia a dia, aplicar uma boa quantidade pela manhã e reaplicar antes de sair para o almoço;
  • Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas;
  • Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses;
  • Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.

Tratamento

O tratamento do câncer de pele depende do tipo, grau de intensidade e estágio da doença. Ele pode ocorrer com uma simples raspagem, cirurgias mais avançadas, radioterapia, quimioterapia, imunoterapia e administração de outros medicamentos. Fique atento aos sintomas e, principalmente, às técnicas de prevenção. O câncer de pele merece atenção e cuidado.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações