Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Almoço do domingo pode ser saudável e gostoso; entenda

Nutricionista explica como manter a dieta em dia sem abdicar dos momentos de lazer

3 dez 2021 11h06
Compartilhar
Almoço do domingo
Foto: Shutterstock / Sport Life

O almoço do domingo, tradicionalmente, é um momento especial para grande parte dos brasileiros. É no final de semana que a família costuma se reunir em volta da mesa para colocar o assunto em dia, matar a saudade e dar boas risadas. É nessa hora também que muita gente passa dos limites e mergulha de cabeça nos mais diversos pratos. A maioria deles deliciosos e calóricos.

Churrasco, massas, bebidas alcoólicas e doces são itens comuns em um bom almoço de domingo e, convenhamos, não é fácil abrir mão de tudo isso. Mas, será que para manter um estilo de vida saudável, realmente precisamos deixar todas essas delícias para trás?

Publicidade

"Compartilhar as refeições promove maior união da família e isso é muito necessário. Principalmente nos dias em que vivemos. A questão, no entanto, não está necessariamente nesses pratos e sim na periodicidade em que são consumidos, quantidade ingerida e os acompanhamentos servidos", revela a nutricionista Cyntia Maureen.

Basta ter equilíbrio

Para a especialista, a chave do sucesso é ter equilíbrio. Se você, que está em um processo de emagrecimento ou reeducação alimentar, se privar totalmente de comidas que lhe dão prazer, isso não será sustentável por muito tempo e pode gerar compulsões. Por outro lado, caso não tenha cuidado, pode jogar fora todo o esforço feito durante a semana.

"Precisamos entender que comer é um ato de prazer e, junto com a família, é ainda mais gostoso. Por isso que escolher o cardápio e montar o prato exige bastante equilíbrio e moderação, para que o momento seja desfrutado com mais alegria e sem exageros", alerta a nutricionista.

Opções para o almoço do domingo

Uma boa dica é tentar incluir vegetais nessas refeições e ficar de olho nas porções que ingerimos. Não é raro comer mais um pouquinho, mesmo após estar satisfeito. E, de acordo com Cyntia, esse é um dos principais vilões do bom comportamento alimentar durante o final de semana. Veja algumas opções que a especialista indica para o almoço do domingo:

Publicidade

"Feijoada vegetariana, por exemplo, é uma excelente opção. Mais leve, saborosa e super nutritiva. Tortinhas de vegetais, massas ou a própria lasanha acompanhadas de uma variedade de vegetais crus. É importante entendermos que a salada crua, além de nos fornecer nutrientes essenciais à vida, favorecem a saciedade. Então, ao consumi-la, a ingestão do prato principal será menor, não causando grande impacto na dieta", revela a nutricionista.

Como lidar com a culpa

Mas, se por um acaso você perdeu o controle, não seguiu as dicas da nutricionista e passou dos limites no almoço do domingo, mantenha a calma. Nada está perdido. "Respire, não se culpe e retome as boas escolhas no dia seguinte. Um passo de cada vez, para que os hábitos novos sejam incorporados de forma mais natural e sem sofrimento ou culpa", recomenda a especialista.

Para a profissional, uma boa dieta não pode ser ortodoxa. Muito menos focar apenas no emagrecimento. "Quando entendemos que precisamos reeducar a nossa alimentação, trabalhamos com escolhas. Pois sabemos o que é melhor para nós e "fugimos" da rotina sem peso na consciência. As dietas, no geral, causam sensação de proibição, o que acaba levando a compulsão alimentar e piora a questão", finaliza Cyntia.

Fonte: Cyntia Maureen, nutricionista da Superbom

Publicidade
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações